“A ciência está aberta à crítica, que é o oposto da religião. A ciência implora para que você prove que ela está errada — que é todo o conceito — enquanto a religião o condena se você tentar provar que ela está errada. Ela te diz aceite com fé e cale a boca.”

— Jason Stock

Most Recent Articles

O perigo de um Inverno Nuclear

Posted by on ago 1, 2016 in Artigos, Ativismo, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.5/10 (2 votes cast)

Os efeitos da explosão de uma bomba atômica sobre uma cidade todo mundo conhece, devido aos exemplos de Hiroshima e Nagasaki. Uma única explosão é devastadora apenas no local que ocorre, mas quando existem várias delas, as coisas ficam milhares de vezes piores. Logo após os primeiros testes com armas nucleares, os cientistas começaram a se preocupar com os efeitos colaterais que elas causariam no mundo todo, caso várias fossem usadas. Em pouco tempo, diversas hipóteses surgiram, mas uma, chamada Inverno Nuclear, se sobressaiu. Para entender como uma guerra nuclear poderia ser fatal para a humanidade, vamos imaginar um cenário onde duas grandes nações usam algo em torno de 100 bombas nucleares, atacando principalmente cidades de grande população. Os prejuízos iniciais de uma luta assim seriam as vidas perdidas no extermínio das cidades. Em seguida, haveriam incêndios incontroláveis em muitos lugares, afinal o fogo estaria livre para seguir sem que houvesse alguém para combatê-lo. Contudo, isso não é nada se comparado ao problema da fuligem residual das explosões. Quando uma bomba atômica explode, ela cria aquele famoso cogumelo – devido ao aquecimento repentino de uma grande quantidade de ar – e joga uma quantidade gigantesca de sujeira nas camadas mais altas da atmosfera terrestre. […]

Read More

Comprovado: Zika vírus é o responsável por casos de microcefalia

Posted by on maio 15, 2016 in Carl Sagan Project | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Pesquisadores de várias instituições brasileiras liderada por Stevens Rehen, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, bateram o martelo sobre os casos de microcefalia em fetos: o causador é, de fato, o Zika vírus. Este é o segundo estudo do grupo que indica que a infecção de Zika vírus em mulheres grávidas causa o problema nos fetos. Neste estudo, foram utilizadas células tronco neurais, que ficaram totalmente danificadas em poucos dias. A morte dessas células ocorreu em mais ou menos 12 dias. Resultados anteriores mostraram que a presença do Zika nas células neurais diminui o tamanho e a funcionalidade do cérebro em 40%. Matemática para doença de Chagas Para entender como ocorre a proliferação da doença de Chagas na Amazônia, a pesquisadora Silvia Dias de Souza utilizou a lógica fuzzy para descrição da proliferação da doença. Os dados incluem como ocorre a propagação, quais regiões necessitam de mais atenção e servirá para prever futuras epidemias. Plantas em perigo O primeiro censo mundial de plantas revelou que mais de 20% de plantas no mundo estão ameaçadas de extinção. O censo catalogou 391 mil espécies de plantas em todo o mundo entre plantas que possuem raízes, caule e folhas, sistemas de circulação […]

Read More

O grande anúncio da Nasa e seu significado

Posted by on maio 10, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

A Nasa pegou todo mundo de surpresa ao anunciar, de uma só vez, 1.284 planetas fora do nosso Sistema Solar e que são, possivelmente, habitáveis. A descoberta foi feita pelo telescópio Kepler, que monitora 150.000 estrelas semelhantes ao nosso Sol. A descoberta mostra dois passos importantes: um sobre o entendimento de que o Universo é gigantesco e cheio de possibilidades incríveis e, segundo, que a busca de respostas sobre estarmos sozinhos ou não no Universo pode ser sanada mais cedo do que imaginamos. Prêmio para jovens amazonenses Um grupo de estudantes da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) ganhou o prêmio “Arraigo social” ao participar do Tecno X na Argentina. O projeto apresentado por eles mostrou uma bactéria modificada geneticamente que consegue identificar e processar mercúrio em águas contaminadas. A equipe de jovens foi a única equipe brasileira a participar da competição esse ano. Mais preocupação com o mercúrio Ainda sobre o tema, pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) estão utilizando uma nova tecnologia para medir a presença de mercúrio em humanos e no ambiente amazônico. Eles utilizam biomarcadores chamados metaloproteínas para identificar a presença do metal pesado. O mercúrio é altamente neurotóxico […]

Read More

Saiba como a exploração da estrela Apha Centauri irá acontecer

Posted by on abr 17, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Nessa semana, fomos pegos de surpresa por um post feito na página oficial do físico Stephen Hawking. Ele anunciava a criação da microssonda Breakthrough Starshort, que irá visitar a estrela mais próxima de nossa galáxia, Alpha Centauri, e o provável sistema solar que o circunda. A iniciativa conta a ajuda de Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, e de Yuri Milner, investidor. Para chegar lá, a microssonda tem uma vela solar que será carregada energicamente com feixes de laser. Depois, a sonda irá viajar rumo ao seu destino a cerca de 20% da velocidade da luz, algo em torno de 60 mil quilômetros por segundo. Ela irá chegar à estrela após 20 anos do seu lançamento, que ainda não tem uma data para ocorrer. Inseticida à base de plantas O pesquisador Rian Javé Moraes está desenvolvendo um inseticida à base de plantas para ser usado em lavouras sem contra indicações à saúde humana. O objetivo da pesquisa é deixar os alimentos plantados menos expostos aos inseticidas químicos que trazem grandes consequências negativas aos humanos. O inseticida usa plantas com potencial tóxico que age de forma eficiente com algumas pragas e insetos destruidores de plantações e lavouras. Rede global de segurança alimentar Vários […]

Read More

Jovens precisam de R$ 19 mil para apresentar projeto inovador nos EUA

Posted by on abr 3, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

  Estudantes da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) modificaram geneticamente uma bactéria para a extração de mercúrio da água. A região amazônica é muito contaminada com o mercúrio, que tem sérias complicações para os seres humanos. Os jovens precisam de R$ 19 mil para apresentar o projeto na Competição Internacional de Máquinas Geneticamente Modificadas (iGEM). Eles fizeram uma campanha na internet para conseguirem arrecadações. Veja mais clicando aqui.  Debate sobre construção de hidrelétricas Pesquisadores de várias partes do mundo, incluindo brasileiros, publicaram artigo no periódico Biodiversity and Conservation sobre os perigos da construção de novas hidrelétricas na Amazônia. Eles colocam, como solução, a construção de alternativas interessantes como placas de energia solar e exploração da energia eólica, além da construção de hidrelétricas menores nas partes mais baixas dos grandes afluentes dos rios. Dinâmica das florestas de várzea Pesquisadores do Instituto Mamirauá conseguiram entender melhor como funciona a dinâmica das florestas de várzea na Amazônia. As análises dizem respeito às transformações na ecologia da floresta de várzea usando comparação de dados dos ambientes de várzea alta e baixa para melhorar e ampliar o conhecimento sobre a Floresta Amazônica e sua biodiversidade. Aluna em […]

Read More

Primeiros testes com a fosfoetanolamina são divulgados

Posted by on mar 21, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.5/10 (2 votes cast)

O Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) divulgou os cinco primeiros relatórios sobre a fosfoetanolamina produzida pela Universidade de São Paulo (USP). Os resultados mostram que as cápsulas não são feitas de fosfoetanolamina pura e que se mostraram ineficazes ao tratamento do câncer. As autoridades autorizaram a realização de testes em humanos, que vão começar muito em breve. Medalhas para o Amazonas Estudantes do Centro Educacional de Tempo Integral Petrônio Portela, da rede pública de Manaus, capital do Amazonas, receberam o prêmio ‘Contribuição em tecnologia Assistiva do Centro de Tecnologia da Informação Renato Acher (CTI)’ durante a 14ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharias (Febrace). Eles desenvolveram o ‘Boné para auxiliar na mobilidade de portadores de deficiência visual em vias públicas’ e o ‘Tênis inteligente para monitoramento do gasto calórico de acordo com quantidade de peso’. Celeiro de répteis Dados da Sociedade Brasileira de Herpetologia mostraram que o Brasil é o terceiro maior celeiro de répteis do mundo, perdendo apenas para Austrália e México. Em dez anos, a diversidade de répteis teve um salto de 22%. Tratamento menos invasivo A Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz do […]

Read More

As Evidências da Evolução [2] – As Lições da Biogeografia

Posted by on mar 9, 2016 in Papo de Primata | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 6.0/10 (1 vote cast)

A vida colonizou o planeta Terra! Os seres vivos estão espalhados por praticamente todos os pontos da superfície do planeta, não havendo virtualmente qualquer local nela onde eles não sejam encontrados. Mas para que isto ocorresse, eles precisaram se adaptar. Tendo todos uma origem comum, os organismos foram criteriosamente selecionados para explorarem os habitats espalhados pelos quatro cantos do mundo. E a distribuição destas formas de vida pelo planeta, bem como as soluções adotadas por cada uma delas para sobreviver no seu ambiente, é uma das maiores evidências evolutivas, tão sólida que é uma das mais incômodas pedras nos sapatos dos negadores da ciência. Neste segundo episódio da nossa série, iremos abordar este fascinante tema. Peguem suas lupas e seus sobretudos e vamos continuar nossa investigação, analisando como a diversidade da vida demonstra que a evolução é um fato! Com vocês, mais um vídeo do canal PAPO DE PRIMATA! https://www.youtube.com/watch?v=X1mncclPt58

Read More

Pesquisadores batem o martelo: Zika vírus destrói neurônios e diminui cérebro

Posted by on mar 8, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Stevens Rehen, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), e sua equipe fizeram um estudo fantástico de como o Zika vírus age no cérebro humano. Os resultados foram: o vírus induz a morte dos neurônios ao atacar várias organelas, impede o desenvolvimento das células neurais e deixa o cérebro 40% menor que um cérebro comum. Agora vai Esperamos, do fundo do coração, que dessa vez consigam entender que o veneno piriproxifeno nada tem haver com o surto de microcefalia. O trabalho incrível de Stevens e sua equipe mostram a qualidade da ciência brasileira e as tentativas falhas de tentar colocar a culpa do surto de microcefalia em vários órgãos governamentais e não governamentais. Situação do Aedes aegypti O pesquisador do Instituto de Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) Wanderli Pedro Tadei falou sobre a atual situação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika vírus, Febre Chinkungunya e Febre Amarela. Ele argumentou que o grande problema dos centros urbanos são os criadouros domésticos como caixas d’água, pneus usados e pratos de vasos de plantas. Previsão de clima sazonal Jeanne Souza, pesquisadora do INPA, está desenvolvendo um sistema que visa fazer […]

Read More

Por dentro de uma super-Terra pela primeira vez na história

Posted by on fev 21, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Pesquisadores da University College London estudaram, pela primeira vez, uma super-Terra com mais detalhes. A super-Terra escolhida foi a 55 Cancri, descoberta em 2004. Utilizando o telescópio Hubble, da Nasa, os pesquisadores concluíram que a temperatura do planeta é de 2 mil graus Celsius, completa uma volta em torno de sua estrela-mãe a cada 18 horas e indícios de cianeto de hidrogênio foram encontrados. Importância do estudo As super-Terras são planetas semelhantes ao nosso, mas são maiores. Estuda-las mais afundo significa dar passos importantes na corrida para encontrar vida em outros locais do espaço. 2016 tem sido, até agora, o ano da reinvenção da astronomia. Alfabetização científica O pesquisador Orleylson Cunha fez uma análise sobre o Programa Ciência na Escola (PCE), do Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), e concluiu que a alfabetização científica é crucial para diversas carreiras acadêmicas. O estudo procurou entender como o PCE impacta a vida de vários estudantes do ensino médio  e fundamenta de Manaus. Peixes-bois na natureza Três peixes-bois, um mamífero importante da Amazônia, começaram o processo de adaptação a natureza graças ao trabalho do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Os animais foram levados para o semi-cativeiro, uma […]

Read More

Ondas gravitacionais: entenda a descoberta

Posted by on fev 13, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.7/10 (3 votes cast)

Encha sua pia de água, tampando o ralo. Passe o dedo rapidamente e observe pequenas ondas se formarem. Quando um objeto com massa muito – mas muito – grande e pesado se move no espaço, causa a mesma coisa. Isso são as ondas gravitacionais. Elas foram previstas há 100 anos por Albert Einstein e confirmadas essa semana por pesquisadores que operam o LIGO, um projeto feito especialmente para caçar as ondas gravitacionais. Essas ondas guardam a origem das coisas que a formam. As ondas detectadas pelos pesquisadores resultaram do choque entre dois buracos negros, que formaram outro buraco negro maior ainda. Essas ondas não alteram em nada o nosso dia a dia – são infimamente pequenas -, mas vão jogar uma luz sob assuntos como os próprios buracos negros, o big bang etc. Só faltava essa De todo o trabalho de Einstein, esse era o único ponto que ainda precisava ser confirmado. Einstein provou ser um gênio completo e, agora, seu trabalho será usado integralmente para fazer a Astronomia caminhar cada vez mais longe. Oito milhões de pessoas Uma parceria entre a Universidade de São Paulo (USP) com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) mostrou que, durante o […]

Read More

O que você precisa saber sobre a pesquisa com óvulos fecundados

Posted by on fev 8, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.0/10 (1 vote cast)

O Instituto Francis Crick, no Reino Unido, ganhou uma licença para começar uma pesquisa utilizando a técnica de edição gênica CRISPR-CAS 9 e óvulos humanos fecundados. A pesquisa visa estudar o DNA dos óvulos nos primeiros sete dias de gestação para melhorar as técnicas de fertilização in vitro. Alvo de notícias sensacionalistas, a pesquisa não será nenhum bicho de sete cabeças e ainda precisa de uma autorização ética para começar. Saiba mais sobre porque não devemos nos preocupar com essa pesquisa clicando aqui.  Apesar dos pesares O diretor-científico do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, Dr. João Valsecchi, contou que ‘apesar das dificuldades, é possível fazer ciência na Amazônia’. Estas dificuldades, além da falta de verba o suficiente, são logísticas. Para baratear ainda mais os custos, o instituto tem levado internet para as áreas mais remotas da Amazônia, otimizando bancos de dados. O pesquisador deu uma entrevista, que você pode ler clicando aqui.  Floresta queimada A região amazônica está sendo castigada, desde o ano passado, por um violento El Niño. O fenômeno vem causando grandes ondas de calor e aumentando o número de queimadas na floresta. Segundo o satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o mês de janeiro desse […]

Read More

Brasil pode ficar fora do ESO

Posted by on fev 1, 2016 in Ciência em Pauta, Colunas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.5/10 (2 votes cast)

Por conta do atual cenário econômico do Governo Federal, as parcelas anuais que totalizam R$ 1,2 bilhão de reais até 2021 ainda não foram ratificadas para que o Brasil se torne membro do Observatório Europeu do Sul (ESO). No ano passado, a entrada do país no ESO foi discutida e aprovada e ainda está pendente para aprovação do Governo Federal. O ESO é um dos maiores consórcios astronômicos do mundo e a participação do Brasil abriria grandes portas para professores e alunos realizarem trabalhos científicos na área. Caça predatória e clima Um publicação do periódico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) fala sobre como a caça predatória afeta na capacidade da floresta de estocar carbono, agravando os efeitos do aquecimento global. Segundo a pesquisa, a redução ou extinção de população de animais frugívoros (comedores de frutos) de grande porte, como macacos e antas, dificulta a dispersão de sementes de árvores maiores, que capturam maior quantidade de carbono. Desconhecimento da floresta Dados mostram que, anualmente, mais de 300 novas espécies de flora são descobertas no Brasil, mas nem metade desse número corresponde a espécies nativas da Floresta Amazônica. A região permanece como uma grande incógnita e corresponde a cerca […]

Read More

Afinal, o que é o Planeta Nove?

Posted by on jan 25, 2016 in Ciência em Pauta | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

  Fomos bombardeados pela notícia de que teriam encontrado um nono planeta no Sistema Solar, apelidado de Planeta Nove. Ao contrário do que muitos pensam, o trabalho publicado por astrônomos da Universidade da Califórnia (Caltech) é apenas um conjunto de evidências, cálculos e simulações feitas por computador. O Planeta Nove não existe de fato, ainda não foi observado. Os cálculos sugerem que o planeta tem cerca de 10 vezes o tamanho do Terra e demora até 20 mil anos para completar uma volta em torno do Sol. As pesquisas iniciaram depois que pesquisadores notaram a existência de seis objetos além da órbita de Netuno. Muito provavelmente, o Planeta Nove arrastou os seis objetos para a sua órbita; as chances desses objetos não estarem na órbita de um planeta novo é de uma em 15 mil tentativas. Nova regulamentação da Ciência A sanção do Marco Legal da Ciência irá facilitar as ações entre institutos de pesquisa e o setor privado, tornando os processos menos burocráticos. Um dos objetivos, também, é facilitar o acesso aos conhecimentos científicos, indígenas e tradicionais, além do uso comercial de plantas e animais para a produção de novos produtos. Sensor para medir poluição O Instituto de Ciências […]

Read More

Um conselho para quem tem depressão

Posted by on jan 18, 2016 in Ciência em Pauta | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

O icônico físico Stephen Hawking e seus colaboradores parecem ter resolvido um paradoxo sobre os buracos negros. Segundo a nova ideia deles, quando uma partícula carregada entra em um buraco negro, adiciona um fóton (partícula de luz) gerando uma impressão holográfica. Ou seja, enquanto tudo o que é físico desaparece em um buraco negro, essas impressões são deixadas para trás, sinalizando uma informação sobre a coisa física que foi destruída pelo buraco negro. Agregada a isso, Stephen Hawking usou como exemplo a depressão: “A mensagem dessa palestra é que buracos negros não são prisões eternas como pensávamos. Coisas podem escapar do buraco negro por qualquer um dos lados – e talvez saiam em outro Universo”, disse. “Então se você sente como se estivesse em um buraco negro, não desista. Sempre existe uma forma de sair.” Tente seguir isso Sabemos que a depressão é algo devastador, tato da mente como do próprio corpo. Muitas das vezes, pessoas com depressão precisam muito de uma palavra amiga e verdadeira e, muito provavelmente, Stephen Hawking atingiu muitas pessoas com essas palavras. Tente seguir isso. Se agora a sua vida estiver bem, mas se no futuro não estiver, tente lembrar-se dessas palavras. Lei da Biodiversidade […]

Read More

2016: mais Biotecnologia, por favor

Posted by on jan 10, 2016 in Ciência em Pauta | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Já está mais que provado que uma sociedade sem avanços tecnológicos e científicos tem um futuro incerto e obscuro. Por mais que no Amazonas a Ciência venha sendo tratada com desdém desde o ano passado, esperanças não faltam em pesquisas cada vez mais interessantes. O Amazonas é um grande laboratório de Biotecnologia, um dos ramos científicos que podem alavancar o nosso país. Para o início de 2016, temos estudos para a elevação da produção de etanol no Amazonas, que visa aproveitar todos os açúcares presentes no bagaço da cana de açúcar; a produção de inseticida caseiro super eficiente contra o mosquito transmissor da dengue, febre chikunguny e zika vírus, o Aedes aegypti; o biocombustível gerado através do guaraná da Amazônia; a produção de energia a partir de pedaços de papel e a discussão de políticas públicas para medicamentos a partir da biodiversidade. Sonda molecular O Laboratório de Micologia do Instituto Nacional de Pesquisas do Amazonas (Inpa/MCTI) desenvolveu uma sonda molecular que detecta, em 4 horas, a histoplasmose. Essa doença, uma infecção grave, ataca pacientes imunocomprometidos como portadores de Aids/HIV. Antigamente, o diagnóstico demorava 25 dias. A sonda foi batizada de Fish. Contrair malária mais vezes Uma parceria entre o Centro […]

Read More

Página 1 de 8512345...102030...Última »

Tamanho das Fontes

Procurar:

Livres Pensadores Skate Park

ChatClick here to chat!+