O pastor e suas ovelhas

Posted by on fev 9, 2013 in Antropologia, Artigos, Ateísmo, Ceticismo, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (4 votes cast)

Eu não deveria me espantar, order mesmo assim muito me espanta a quantidade de pessoas que estão dizendo que “o pastor Silas Malafaia calou a boca daquela loira burra da Gabi.”. Eu duvido que as pessoas que estão dizendo isso tenham se dado ao trabalho de verificar a veracidade das afirmações do Malafaia. Duvido que sequer metade dessas pessoas tenha assistido o vídeo do biólogo, e mestre em genética, Eli Vieira em que ele enumera, e derruba, as afirmações errôneas do Malafaia sobre genética. Quem não assistiu o vídeo, clique aqui. (PS: Não gosto nem um pouco do trabalho do Eli Vieira como editor do Bule Voador, mas neste assunto específico a opinião dele é totalmente relevante, visto o fato de ele ser especialista no assunto). Quando Silas Malafaia disse que “Nenhuma verdade científica da bíblia foi até hoje derrubada”, muitas pessoas o aplaudiram e concordaram com ele, mesmo sem saber quais são as “verdades científicas” da bíblia. Estas pessoas, mesmo sem saber, concordaram que o morcego é uma ave, que o coelho e a lebre são ruminantes, que Sol gira em órbita da Terra, que o firmamento é sólido, que as árvores já existiam antes do Sol, que a […]

Read More

Penas de morte na bíblia

Posted by on dez 28, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ativismo, Ceticismo | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (4 votes cast)

A bíblia elenca cerca* de vinte e seis “crimes” (as aspas se justificam em vários casos) para os quais seria empregada a pena de morte: Assassinato (Levítico 24:17); Raptar um homem para vendê-lo (Êxodo 21:16); Sacrificar a outros deuses (Êxodo 22:20); Blasfêmia (Levítico 24:15-16); Violar a guarda do sábado (Êxodo 31:14-15); Feitiçaria (Êxodo 22:18); Ferir os pais (Êxodo 21:15); Amaldiçoar os pais (levítico 20:9); Ser um filho rebelde (Deuteronômio 21:18-21); Prostituição da filha de um sacerdote (Levítico 21:9); Adultério (Levítico 20:10); Incesto com a mãe (ou madrasta) ou com a nora (Levítico 20:11-12); Homossexualidade masculina (Levítico 20:13); Zoofilia (Êxodo 22:19); Ser um falso profeta (Deuteronômio 13:1-5); Estupro de uma mulher desposada (Deuteronômio 22:23-24); Caso uma mulher não grite se for estuprada na cidade (idem acima); Se a mulher casar sem ser virgem (Deuteronômio 22:20-21); Negligência com um boi sabidamente agressivo que tenha matado alguém (Êxodo 21:28-29); Necromancia (Levítico 20:27); Entregar a descendência a Moloque (Levítico 20:1-2); Um estranho (não sacerdote) que chegar perto do tabernáculo (Números 3:10 e 38); Casar com a mãe da própria mulher, viagra caso onde todos deviam ser mortos (Levítico 20:14); Desobedecer ao julgamento dos sacerdotes (Deuteronômio 17:8-12); Falso testemunho envolvendo um crime com pena de […]

Read More

O fundamentalismo cristão

Posted by on dez 28, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ativismo, Ceticismo, Filosofia | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (4 votes cast)

O fundamentalismo cristão admite a Bíblia como única autoridade para suas doutrinas e costumes. Afirma a autoridade exclusiva da Bíblia, cialis 40mg sustentando que é Palavra de Deus no sentido estrito do termo: provém diretamente de Deus, portanto, livre de todo erro e de todo condicionamento. Para o fundamentalista, Bíblia, Revelação e Palavra de Deus são sinônimos. Para o fundamentalista, a afirmação da absoluta e da total inerrância e infalibilidade da Bíblia é de capital importância. Disso dependem, em sua opinião, a autoridade da Bíblia e sua total confiança nela e, em última instância, em Deus mesmo. Quando se admite que a Bíblia contem erros – argumentam – , então não merece nossa total confiança como norma suprema, e não podemos estar seguros do que Deus quer de nós e para nós. Para o fundamentalista, o texto da Bíblia é a única norma objetiva (por ser escrita) que ele aceita, e essa norma vem de Deus mesmo, que a “ditou” aos escritores. Visto que tem Deus como seu autor, a Bíblia não pode ter erro algum, também em matéria de história e ciência. Esta é a tese “fundamental” sobre a qual repousa a estrutura doutrinária do fundamentalismo cristão. Na realidade, […]

Read More

Desculpas esfarrapadas

Posted by on nov 7, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo, Ciência, História | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.9/10 (8 votes cast)

Eu vejo muitos religiosos usando sempre as mesmas desculpas, viagra buy convictos de estão usando argumentos sólidos, site para defender, abortion justificar e/ou explicar determinadas passagens da bíblia. Neste artigo eu vou abordar as mais frequentes destas desculpas. Você não está interpretando corretamente: Essa desculpa da interpretação é a mais batida de todas. Se os significados dos textos da bíblia (ou do livro sagrado de qualquer outra religião) são apenas uma questão de interpretação, então, em um mundo com 7 bilhões de habitantes, quantas interpretações diferentes existem? E, mais importante que isso, qual é a interpretação correta? Por que a sua interpretação, amigo teísta, esta certa e a interpretação de qualquer outra pessoa, que professe ou não a mesma crença que você, esta errada? Por que até mesmo entre os membros do clero existem divergências quanto a interpretação de determinados trechos da bíblia? Mas vamos interpretar alguns trechos bíblicos: “Então subiu dali a Betel; e, subindo ele pelo caminho, uns meninos saíram da cidade, e zombavam dele, e diziam-lhe: Sobe, calvo; sobe, calvo!E, virando-se ele para trás, os viu, e os amaldiçoou no nome do SENHOR; então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles meninos.“ 2 […]

Read More

Evidências Anedóticas – Por que são inválidas?

Posted by on out 17, 2012 in Artigos, Ceticismo | 4 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.3/10 (7 votes cast)

Sabe quando, numa conversa informal ou mesmo num debate, alguém diz “mas eu juro, vi com meus próprios olhos!”, ou algo como “um conhecido me afirmou que ele mesmo viu!”? Pois então, estes exemplos de evidências anedóticas. Uma “evidência anedótica” nada mais é do que algo que alguém conta (uma história, conto) e tenta usar isto como evidência de algo. Um bom exemplo são testemunhos dados na justiça, onde tudo o que a pessoa relata é aquilo que ouviu de outros. Da Wikipedia: Evidência anedótica, ou evidência anedota refere-se a uma evidência informal na forma de anedota (conto, episódio, derivado do grego anékdota, significando ‘coisas não publicadas’), ou de “ouvir falar”. Quando utilizado em propaganda ou promoção de um produto, serviço ou idéia, a evidência anedótica é chamada de testemunho e é banida em algumas juridições norte-americanas. Também pode ser usada em contexto legal para certos testemunhos. O termo é geralmente utilizado em contraste com evidência científica, especialmente na medicina baseada em evidências, que é uma evidência formal. A evidência anedótica freqüentemente não é considerada científica pois raramente pode ser analisada segundo o método científico. O mau uso de evidências anedóticas como evidências formais é considerada uma falácia (erro de argumentação lógica). O primeiro problema deste tipo de evidência é algo que foi muito repetido pelo personagem Gregory […]

Read More

Ciência: Criada para Destruir a Religião

Posted by on set 12, 2012 in Artigos, Ceticismo, Ciência | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Muitos entendem a afirmação contida no título da postagem como se fosse algo literal. Isto é, page como se os pensadores que moldaram a ciência tivessem realmente pensado “ah, capsule vamos fazer a religião sofrer e ser destruída!”. É óbvio que isto não é a realidade e sequer haveria cabimento nisso – afinal, information pills a ciência é muito maior do que isto. Mas a afirmação continua sendo válida. Podemos demonstrar isto através de uma análise histórica, onde veremos que já tivemos uma diversidade imensa de deuses para cada fenômeno ou elemento natural: trovão (Ambisagrus, Júpiter, Kadlu, Loucetios, Taranis, Tinia, Thor, Tupã, Zeus), fogo (Agni, Angra, Bastet, Belenus, Brighid, Camaxtli, Creidhne, Goibniu, Grannus, Hefesto, Huracán, Loki, Luchtaine, Manco Capac, Ometecuhtli, Ptah, Varuna, Vulcano, Xiuhtecuhtli, Xocotl), vento (Euro, Noto), da terra (Enki, Kaus, Urash)… Em contraste, o que temos hoje? Todo um corpo de conhecimentos, os quais explicam perfeitamente tais fenômenos através de leis naturais. Mesmo os deuses de elementos (como o fogo e a terra), já não são mais adorados. “Quanto mais aprendemos, de menos deuses precisamos.” — Dan Barker Outro bom indicador disto, acho, é o número de cientistas ateus e agnósticos, frente aos que seguem alguma religião. Segundo […]

Read More

Vantagens e Desvantagens da Religião

Posted by on ago 27, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.2/10 (11 votes cast)

Um dos pontos mais polêmicos, ask e de discussão mais acalorada, ailment entre ateus e teístas é o papel da religião na sociedade. Enquanto muitos teístas exaltam as obras da(s) igreja(s) e todos os benefícios para a sociedade, advindos destas obras, muitos ateus apontam os erros, abusos, incoerências, manipulações e até mesmo crimes cometidos pelas religiões e seus lideres. A maioria das religiões alega pregar o bem, mas a realidade que vemos não é essa. As religiões, de um modo geral, afastam as pessoas umas das outras, causando recorrentes perdas para humanidade. Contudo, para o bem do pensamento crítico e da honestidade intelectual, eu tenho que admitir, eu não tenho apenas críticas para as religiões… algumas delas realmente fazem algo bom e significativo para a sociedade. Então resolvi escrever este texto discorrendo sobre as principais vantagens e desvantagens das religiões para a sociedade. Vantagens “Quer dizer então, Daniel, que mesmo sendo um crítico ferrenho das religiões você vê alguma vantagem nelas?” Sim! Existem alguns pontos nos quais os dogmas religiosos geram “efeitos colaterais” que acabam sendo, de certa forma, benéficos para a sociedade. Eu vejo isso como vantagens geradas, indiretamente, diga-se de passagem, pelas religiões. Recuperação de dependentes químicos: Muitas […]

Read More

A verdade te libertará

Posted by on jul 25, 2012 in Artigos, Ceticismo | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

Além da Atribuição na Lenda do Einstein Apologético

Posted by on jun 18, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo, Ciência, Filosofia, Leitores | 1 comment

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. “[…] ainda há quem diga que Deus não existe. O que me incomoda é que me citem para suportar seus argumentos.” — Albert Einstein, LOWENSTEIN, Prince H. Z. Towards the Further Shore. Victor Gollancz Ltd: 1968. Este texto não é uma refutação à atribuição absurda da situação seguinte a Einstein. Sabidamente, não há prova nenhuma ou sequer consistência que confirme isto como sendo da autoria do cientista. Você pode encontrar algo que trate deste problema de referenciação neste excelente vídeo. O que este texto pretende é refutar os argumentos apresentados dentro do texto. Primeiramente porque, mesmo que Einstein, notadamente um deísta antirreligioso, de fato tenha dito isto, teria dito asneiras. Em segundo lugar, porque, dentro de um debate, não importa quem disse algo, mas sim o que foi dito. Se um argumento é bom, pode ter sido de Einstein ou de Lamarck, o argumento é o que importa. Abaixo será citada umas das versões, que mais recentemente circula no Facebook com a foto de uma lousa gigante numa sala universitária. Alguns trechos foram suprimidos e nenhum foi alterado. O texto não está com os parágrafos ordenados como no original, mas de modo a juntar […]

Read More

15 perguntas desconcertantes para os religiosos

Posted by on jun 4, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo | 4 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.3/10 (7 votes cast)

Se a homossexualidade é uma abominação, buy então por que você não fica escandalizado com a relação homossexual entre Davi e Jonatas (I Samuel 20:41 e II Samuel 1: 26)? Se Jesus é amor, então por que ele mandou que sejamos inimigos de nossos entes queridos (Mateus 10:34-36)? Por que, quando questionados sobre atrocidades do antigo testamento, vocês argumentam que “isso era no tempo da lei (mosaica)” se Jesus disse que esse argumento do tempo da lei é balela (Mateus 5:17)? Por que muitos dentre vocês, incluindo cristãos, judeus e islâmicos, trabalham aos sábados se o Deus de vocês mandou que não trabalhassemos aos sábados, sob pena de morte por apedrejamento (Êxodo 31:15 e Números 15:32-36)? Se Deus proíbe o assassinato, por que ele próprio decidiu assassinar todos os homens e animais do planeta (Gênesis 6:7)? Sendo que a bíblia e o torá citam a existência de gigantes (Gênesis 6:4) e em momento algum citam a existência dos dinossauros, por que então existem tantos vestígios dos dinossauros e nenhum dos gigantes? Deus diz ter se arrependido de criar o homem por causa da sua maldade (Gênesis 6:5-6). Mas se Deus é onisciente, como é que ele não sabia que o […]

Read More

Falando de Ateísmo

Posted by on jun 1, 2012 in Ateísmo, Ativismo, Ceticismo, Entrevistas, Entrevistas, Vídeos | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Adotando uma postura mais diplomática, information pills por estar inserido em uma das capitais mais evangélicas do Brasil, cheap Wagner Caldas – mantenedor e idealizador do Blog Bar do Ateu e de sua fanpage no facebook – concedeu uma entrevista para o Programa “9 Minutos”, stuff da TV Tribuna, Vitória-ES, o tema: Ateísmo. Numa entrevista, onde o apresentador foi de muita elegância, Wagner falou sobre sua experiência de vida e suas concepções de ateísmo. Vale ressaltar que Caldas não falou em nome dos ateus, falou do ateu que ele é, bem como, de qual forma ele entende o ateísmo. O apresentador gostou tanto do tema que propôs dividi-lo em dois programas, os quais foram ao ar nos dias 30 e 31 de maio. Seguem os vídeos dos programas: Programa do dia 30/05/2012 Programa do dia 30/05/2012

Read More

Da Origem de Determinados Argumentos Tolos – I

Posted by on mar 21, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo, Ciência | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.0/10 (3 votes cast)

Uma análise de um permanente erro dos criacionistas do que seja realmente o processo evolutivo dos seres vivos em seu quadro mais amplo. A permanente avaliação absurda de que o processo evolutivo se dê “em escada” e não “em árvore”.

Read More

Ufologia: Análise Através da Navalha de Occam

Posted by on jan 25, 2012 in Artigos, Ceticismo | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Texto originalmente publicado na Revista Livre Pensamento número 2, order página 19. Introdução Não é incomum que pessoas vejam “coisas” no céu, malady as quais não consigam identificar imediatamente, remedy ou mesmo depois, com maiores análises. Às vezes o objeto está tão alto no céu que não se pode ver mais do que um “ponto de luz”. Para designar tais objetos foi criada uma expressão que, depois, virou acrônimo. Falo da expressão “Objetos Voadores Não Identificados” e de seu acrônimo OVNI. Não há nada de mais em tais palavras, por mais que pessoas simples e sem conhecimento as associem a “ETs visitando a Terra”, “naves extraterrestres”, etc. Aliás, a comunidade científica deveria utilizá-las mais, até mesmo para desmistificá-las. Sobre visões de OVNIs em si, o que acontece, basicamente, é que a pessoa se surpreende a tal ponto que acaba se fechando a qualquer explicação racional que seja dada ao evento. Mas ver coisas e não conseguir identificá-las é algo normal, faz parte da própria natureza humana. Somos falíveis, por mais que não gostemos de reconhecer isto. Por consequência desta surpresa, as pessoas se entusiasmam com o mundo da pseudociência chamada ufologia. Mas isto é natural, afinal a sociedade nega que […]

Read More

Jesus foi só um cara normal. Deixe-o em paz.

Posted by on jan 22, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo | 22 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.8/10 (4 votes cast)

Como é que pode, salve em pleno século XXI, ampoule ainda existir a crença de que um palestino que viveu há mais de 2.000 anos num deserto e que demonstrava claros sinais de esquizofrenia e megalomania, treat um sujeito que vivia numa época de completa ignorância, onde achavam que a Terra era chata, um sujeito em que há claramente lendas (mentiras) atribuídas a ele, como ter nascido de uma virgem, ter caminhado sobre as águas, ter transformado água em vinho e ter ressuscitado; pode te ajudar em alguma coisa ou ser um exemplo a ser seguido? Como é possível uma pessoa acreditar que Jesus fez, faz ou vai fazer algo por ela? Como é possível uma pessoa se iludir a tal ponto? Me preocupo com essas perguntas, pois me preocupo até que ponto essa pessoa pode assassinar a lógica, a razão e os fatos em detrimento dessa sua crença pessoal, infundada, burra, ignorante, presunçosa, arrogante e reconfortante (somente em sua cabeça, já afetada pela fé, claro). Jesus foi (se realmente existiu) um sujeito pardo, de olhos pretos, de cabelo duro e provavelmente curtinho, que nasceu de uma trepada entre duas pessoas palestinas. Foi um sujeito que viveu sua vidinha no […]

Read More

A importância do Ceticismo

Posted by on dez 28, 2011 in Artigos, Ceticismo | 3 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Texto originalmente publicado na Revista Livre Pensamento número 1, viagra sale página 18. Muitas pessoas criticam aqueles que se dizem céticos, side effects afirmando que elas apenas “negam tudo”. Contudo, isto está longe de ser a verdade. O que céticos fazem é duvidar, ou, em outras palavras, ter dúvidas a respeito do que se alega. “Acreditar é mais fácil do que pensar. Daí existirem muito mais crentes do que pensadores.” — Bruce Calvert Existem duas principais correntes no ceticismo: a filosófica e a científica: A corrente filosófica procura examinar de forma crítica todo o conhecimento, de modo a verificar se são realmente verdadeiros, e se opõe à ideia de que alguém possa possuir um conhecimento absolutamente verdadeiro. Por outro lado, a corrente científica é simplesmente uma postura prática, a qual questiona a veracidade de alegações, procurando prová-las ou refutá-la, utilizando-se do método científico. Dentro do ceticismo filosófico há diversas correntes, como o Pirronismo, Empirismo, etc. O texto ficaria extremamente longo se eu fosse dissertar a respeito de cada uma delas. Além disto, o foco deste texto é o ceticismo científico, pois é aquele que, apesar de não percebemos, utilizamos em nosso dia a dia. O ceticismo científico, como seu próprio […]

Read More

Página 3 de 512345
ChatClick here to chat!+