A farsa da teologia da prosperidade

Posted by on mar 26, 2013 in Antropologia, Artigos, Ateísmo, Ativismo, Ceticismo | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

A teologia da prosperidade é uma doutrina religiosa cristã que defende que a bênção financeira é o desejo de Deus para os cristãos e que a fé, o discurso positivo e as “doações” para os ministérios cristãos irão sempre aumentar a riqueza material do fiel. Seus defensores ensinam que a doutrina é um aspecto do caminho à dominação cristã da sociedade, argumentando que a promessa divina de dominação sobre as Tribos de Israel se aplica aos cristãos de hoje. Tendo isso em vista, é fácil entender por que a teologia da prosperidade é tão bem sucedida (para os líderes religiosos que a pregam) e tão perigosa (para a sociedade). Muitos pastores (deixando bem claro que não são todos) convencem os fiéis de suas igrejas a entregarem dinheiro, bens materiais, cartões de crédito (sem a senha não vale, certo Marco Feliciano?) e assim, sem o menor escrúpulo ou remorso, tiram das pessoas o pouco que tem (muitas vezes tudo o que tem). Conseguem isso sob a alegação de que quanto maior for a doação, maior será o retorno. Reparem que não há garantia nenhuma deste retorno, apenas dizem algo como “Deus irá trazer muitas “bênçãos” para sua vida”. As tais “bênçãos” […]

Read More

O risco trazido por meteoros

Posted by on mar 6, 2013 in Artigos, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Há cerca de duas semanas atrás todos nós fomos inundados de notícias a respeito do “meteoro russo”. Resumidamente, o meteoro, que tinha algo entre 15 e 17 metros de diâmetro e algo entre 10 e 40 toneladas ao entrar na atmosfera, explodiu no céu sobre a cidade de Cheliabinsk no dia 15 de fevereiro de 2013. Os prejuízos, segundo o site Publico.PT, são imensos: 25 milhões de euros. Isto sem falar das 1.200 pessoas feridas, dentre elas 289 crianças. Agora, já existem até mesmo pedaços de tal meteoro, que foram recuperados no local, sendo vendidos na web. Para se falar do risco de tais rochas flamejantes, primeiro precisamos colocar os pingos nos is. Vamos esclarecer, de uma vez, o que é um meteoro, o que é um asteroide, um meteoroide e, finalmente, um meteorito: Meteoro: não passa do fenômeno luminoso que pode ser observado durante a passagem de um meteoroide ou de um asteroide pela atmosfera. Asteroide: é um corpo rochoso e/ou metálico, que possui órbita definida ao redor do Sol e faz parte dos corpos menores do sistema solar. Em termos leigos, são restos da formação planetária, os quais ficam concentrados principalmente entre Marte e Júpiter. Meteoroides: são fragmentos […]

Read More

O pastor e suas ovelhas

Posted by on fev 9, 2013 in Antropologia, Artigos, Ateísmo, Ceticismo, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (4 votes cast)

Eu não deveria me espantar, mesmo assim muito me espanta a quantidade de pessoas que estão dizendo que “o pastor Silas Malafaia calou a boca daquela loira burra da Gabi.”. Eu duvido que as pessoas que estão dizendo isso tenham se dado ao trabalho de verificar a veracidade das afirmações do Malafaia. Duvido que sequer metade dessas pessoas tenha assistido o vídeo do biólogo, e mestre em genética, Eli Vieira em que ele enumera, e derruba, as afirmações errôneas do Malafaia sobre genética. Quem não assistiu o vídeo, clique aqui. (PS: Não gosto nem um pouco do trabalho do Eli Vieira como editor do Bule Voador, mas neste assunto específico a opinião dele é totalmente relevante, visto o fato de ele ser especialista no assunto). Quando Silas Malafaia disse que “Nenhuma verdade científica da bíblia foi até hoje derrubada”, muitas pessoas o aplaudiram e concordaram com ele, mesmo sem saber quais são as “verdades científicas” da bíblia. Estas pessoas, mesmo sem saber, concordaram que o morcego é uma ave, que o coelho e a lebre são ruminantes, que Sol gira em órbita da Terra, que o firmamento é sólido, que as árvores já existiam antes do Sol, que a espécie […]

Read More

A Busca por Inteligência Extraterrestre e seus Problemas

Posted by on dez 19, 2012 in Artigos, Ciência | 4 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Desde os primórdios da civilização humana olhamos para o céu e nos perguntamos “haverá alguém lá fora?”. No início, víamos as estrelas como fogueiras, entorno das quais outros seres se reuniriam. Depois, como presença “celestial” – uma demonstração de que anjos e demônios seriam reais. Depois, conforme o conhecimento humano cresceu, forçando o nascimento da ciência, descobrimos que estrelas são algo totalmente diferente. Primeiro, que são nada mais que gigantescos fornos nucleares, que fundem elementos mais leves em mais pesados. Mais recentemente descobrimos o mais importante: estrelas são outros sóis. “Entre Aristarco e Huygens, os seres humanos responderam à pergunta que tanto me intrigou quando menino do Brooklyn: O que eram as estrelas? A resposta é: As estrelas são sóis poderosos, a anos-luz de distância na vastidão do espaço interestelar.” – Carl Sagan, Cosmos, página 202. Mais impressionante do que isto, descobrimos que existem planetas orbitando estes outros sois, o que faz, novamente, que nos voltemos à pergunta mais primitiva: “haverá alguém lá fora?”. Para responder tal pergunta existem buscas sérias por vida extraterrestre, seja ela do tipo que for (o que inclui vida microbiológica). Um exemplo disso é o NAI (NASA Astrobiology Institute), da NASA, o qual é sempre […]

Read More

Vida na Lua Europa?

Posted by on dez 5, 2012 in Artigos, Astronomia, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (7 votes cast)

É bom que se diga, antes que alguém salte para conclusões precipitadas, que não falamos aqui de “homenzinhos verdes”, ou mesmo de “homenzinhos cinzas”, como aparece na mitologia ufológica. Falamos de vida simples: micro-organismos e, sendo bastante otimista, talvez até pequenos vermes – nada além disto. Mas, ainda assim, vida é vida, não importa o tipo ou tamanho. A Lua Europa é uma das quatro grandes luas de Júpiter chamadas de “luas galileanas”, por terem sido descobertas por Galileu Galilei em 7 de janeiro de 1610. (As demais luas galileanas são Io, Ganímedes e Calisto.) Alguns historiadores afirmam que Simon Marius, de Ausbach, Alemanha, teria sido o primeiro a observar os satélites jovianos, em 29 de Dezembro de 1609. Contudo, Simon Marius só publicou a obra Mundus Iovalis em 1614, na qual ele sobre o tema e afirma ter descoberto as quatro maiores luas de Júpiter dias antes de Galileu. Talvez tal afirmação até possa ser verdadeira, mas ela não tem qualquer corroboração. Ainda assim, os nomes mitológicos pelos quais estas luas são conhecidas atualmente (Io, Europa, Ganímedes e Calisto) são aqueles dados por Marius. Características geológicas de Europa Europa orbita Júpiter a cada 3,5 dias tem sua rotação travada […]

Read More

Nebulosas: As gigantescas nuvens interestelares

Posted by on nov 21, 2012 in Artigos, Astronomia, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.7/10 (7 votes cast)

Até o início do século XX qualquer objeto brilhante e em formato de nuvem que pudesse ser observado da Terra era chamado de “nebulosa” pelos astrônomos. Os telescópios da época, muito pouco potentes (ainda mais se comparados com os de hoje), não permitiam que mais detalhes desses objetos fossem observados. Ainda assim, os astrônomos já conheciam um grande número destes objetos e já eram capazes de perceber formatos diferentes entre eles. Algumas dessas nebulosas eram chamadas de “nebulosas em espiral”, devido a seu formato, enquanto que outras como “nebulosas elípticas”. Foi apenas nos anos 20 que se percebeu que alguns destes objetos não eram, de fato, nebulosas: eram galáxias. Utilizando-se daquele que era o mais poderoso telescópio da época, o astrônomo Edwin Powell Hubble descobriu que muitos desses objetos eram galáxias. “A história da Astronomia é uma história de ampliação de horizontes.” – Edwin Powell Hubble Especificamente, ele observou que a nebulosa em espiral de Andrômeda era na verdade uma galáxia em espiral. Hoje não sabemos apenas que galáxias e nebulosas são objetos completamente distintos, como também conhecemos diversos tipos de nebulosas. As nebulosas nada mais são, além de figuras belíssimas, que grandes nuvens de poeira e gases, que se […]

Read More

Desculpas esfarrapadas

Posted by on nov 7, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo, Ciência, História | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.9/10 (8 votes cast)

Eu vejo muitos religiosos usando sempre as mesmas desculpas, convictos de estão usando argumentos sólidos, para defender, justificar e/ou explicar determinadas passagens da bíblia. Neste artigo eu vou abordar as mais frequentes destas desculpas. Você não está interpretando corretamente: Essa desculpa da interpretação é a mais batida de todas. Se os significados dos textos da bíblia (ou do livro sagrado de qualquer outra religião) são apenas uma questão de interpretação, então, em um mundo com 7 bilhões de habitantes, quantas interpretações diferentes existem? E, mais importante que isso, qual é a interpretação correta? Por que a sua interpretação, amigo teísta, esta certa e a interpretação de qualquer outra pessoa, que professe ou não a mesma crença que você, esta errada? Por que até mesmo entre os membros do clero existem divergências quanto a interpretação de determinados trechos da bíblia? Mas vamos interpretar alguns trechos bíblicos: “Então subiu dali a Betel; e, subindo ele pelo caminho, uns meninos saíram da cidade, e zombavam dele, e diziam-lhe: Sobe, calvo; sobe, calvo!E, virando-se ele para trás, os viu, e os amaldiçoou no nome do SENHOR; então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles meninos.“ 2 Reis 2:23-24 Não sei […]

Read More

As Belezas do Cosmos: Galáxias

Posted by on set 26, 2012 in Artigos, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Texto originalmente postado em meu blog pessoal (www.agloriousdawn.net) com o título “As Belezas do Cosmos X – As Galáxias”. Disponível neste link: http://www.agloriousdawn.net/2011/07/as-belezas-do-cosmos-x-as-galaxias/ Neste artigo colocarei fotos e pequenas descrições das mesmas. Maiores comentários apenas no final. Pois bem, comecemos. Esta é uma foto panorâmica do céu noturno, mostrando a nossa galáxia: a Via Lactea. Mais informações no site APOD – Astronomy Picture of the Day. Você também pode ver uma versão interativa em alta resolução dessa imagem neste link: http://media.skysurvey.org/interactive360/index.html Esta é a galáxia UGC 1810. A distorção apresentada por esta galáxia, que a faz ter a forma de uma rosa, é provavelmente devido a interações gravitacionais (uma quase colisão). Mais informações no site APOD – Astronomy Picture of the Day. A Galáxia do Sombrero (M104): tem 50.000 anos-luz de diâmetro e está a 28 milhões de anos-luz da Terra. É um dos mais belos ângulos de visão de uma galáxia, de todas as já fotografadas pelo Hubble. (Informações de Hubble Site.) Galáxia espiral M81: é uma galáxia espiral semelhante à nossa, a Via Láctea, e é uma das galáxias mais brilhantes que podem ser vistas da Terra. Os braços espirais do são compostos de estrelas jovens, azuladas e […]

Read More

Ciência: Criada para Destruir a Religião

Posted by on set 12, 2012 in Artigos, Ceticismo, Ciência | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Muitos entendem a afirmação contida no título da postagem como se fosse algo literal. Isto é, como se os pensadores que moldaram a ciência tivessem realmente pensado “ah, vamos fazer a religião sofrer e ser destruída!”. É óbvio que isto não é a realidade e sequer haveria cabimento nisso – afinal, a ciência é muito maior do que isto. Mas a afirmação continua sendo válida. Podemos demonstrar isto através de uma análise histórica, onde veremos que já tivemos uma diversidade imensa de deuses para cada fenômeno ou elemento natural: trovão (Ambisagrus, Júpiter, Kadlu, Loucetios, Taranis, Tinia, Thor, Tupã, Zeus), fogo (Agni, Angra, Bastet, Belenus, Brighid, Camaxtli, Creidhne, Goibniu, Grannus, Hefesto, Huracán, Loki, Luchtaine, Manco Capac, Ometecuhtli, Ptah, Varuna, Vulcano, Xiuhtecuhtli, Xocotl), vento (Euro, Noto), da terra (Enki, Kaus, Urash)… Em contraste, o que temos hoje? Todo um corpo de conhecimentos, os quais explicam perfeitamente tais fenômenos através de leis naturais. Mesmo os deuses de elementos (como o fogo e a terra), já não são mais adorados. “Quanto mais aprendemos, de menos deuses precisamos.” — Dan Barker Outro bom indicador disto, acho, é o número de cientistas ateus e agnósticos, frente aos que seguem alguma religião. Segundo o artigo “Scientists and […]

Read More

Documentário – “Redescobrindo a Segunda Guerra”.

Posted by on set 10, 2012 in Artigos, Documentários, História, Históricos, Variados, Vídeos | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.0/10 (4 votes cast)

Redescobrindo a Segunda Guerra A série narra a história da Segunda Guerra Mundial utilizando imagens feitas por cinegrafistas amadores; cenas ultra-secretas, mas já liberadas; e jornais cinematográficos que não foram exibidos naquela época.  As imagens redescobertas foram colorizadas para dar aos telespectadores a sensação de como foi vivenciar a guerra. A força da série consiste na tentativa de contar a história da Segunda Guerra Mundial de uma maneira nova, utilizando imagens singulares de uma forma que o público nunca viu antes.    Primeiro Episódio “A Agressão Nazista” Após tomar o poder e estabelecer o regime nazista na Alemanha, Hitler volta seus olhos para a Europa. Inesperadamente, o “Fuhrer” forma uma aliança com Stalin antes de invadir a Polônia. A França e a Grã-Bretanha não têm outra escolha e declaram guerra contra a Alemanha, o que não impede os alemães e soviéticos de calmamente dilacerar a Polônia. Começa a perseguição aos judeus e ciganos. Mais ao Ocidente, a “guerra falsa” começa – um período de espera, incerteza e também de esperança. Lembrando o sofrimento pelo qual passaram durante a Primeira Guerra Mundial, os franceses ainda esperam evitar a guerra.   Segundo Episódio “A Guerra Relâmpago” Em 10 de maio de 1940, […]

Read More

Máquina Fantástica: O Cérebro Humano

Posted by on set 5, 2012 in Artigos, Ateísmo, Ciência, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.5/10 (2 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. (Originalmente postado na página do N.A.S.P. – Núcleo Ateísta de São Paulo – no Facebook, neste link. Pode ser compartilhado livremente.) Nenhum deus substitui a grandeza do homem. No entanto, essa grandeza refere-se muito mais à capacidade do homem de criar, raciocinar e modificar a natureza do que, propriamente, à sua história. Há ainda muito do animal predador no inconsciente humano. Matar ainda é algo normal, para os homens. As crenças deístas apenas acentuam esse lado monstruoso do homem e fazem que ele desculpe seus atos com a vida após a morte ou o perdão de um deus carniceiro. A história humana está repleta de massacres e mortes inúteis, o que torna essa trajetória uma estrada sangrenta de assassínios e violência. E esse morticínio não tende a ter um fim, no curto prazo. Há um longo caminho a ser percorrido, antes que, finalmente liberto das influências deístas, o homem possa tomar consciência do valor real da vida. E do corpo, onde reside a máquina mais fantástica da natureza: o cérebro humano. Essa maravilha, cujos mistérios ainda vamos levar anos para desvendar, constitui o que de mais precioso existe em todo o universo […]

Read More

Documentário – “Finding Life Beyond Earth” (Encontrar Vida No Espaço)

Posted by on set 5, 2012 in Artigos, Astronomia, Ciência, Ciência, Documentários, Vídeos | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Parte única  Produzido pela PBS no ano de 2011 País: Estados Unidos Link do documentário: http://www.pbs.org/wgbh/nova/space/finding-life-beyond-earth.html Bônus Documentário I Produzido pela   Documentário II Produzido pela

Read More

A Via Láctea de 100 bilhões de planetas

Posted by on ago 29, 2012 in Artigos, Ciência, Traduções | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.0/10 (3 votes cast)

(Clique na imagem para ampliar.) Esta ilustração artística dá a impressão do quão comum são os planetas em torno das estrelas na Via Láctea. Os planetas, suas órbitas e suas estrelas hospedeiras estão todos muito ampliados em comparação com suas separações reais. Uma pesquisa de seis anos que pesquisou milhões de estrelas usando a técnica de microlentes concluiu que os planetas ao redor de estrelas são a regra e não a exceção. O número médio de planetas por estrela é maior do que um. Isto significa que provavelmente existem um mínimo de 1.500 planetas dentro do espaço de apenas 50 anos-luz da Terra. Os resultados são baseados em observações feitas ao longo de seis anos pela colaboração PLANET (Probing Lensing Anomalies NETwork  – Rede de Sondagem de Anomalias Lente Gravitacional), a qual foi fundada em 1995. O estudo concluiu que há muito mais planetas de tamanhos comparáveis ao da Terra do que mundos de tamanhos comparados ao de Júpiter. Isto é baseado na calibração de uma função de massa planetária que mostra que o número de planetas aumenta para mundos de massas inferiores. Uma estimativa grosseira a partir desta pesquisa aponta para a existência de mais de 10 bilhões de […]

Read More

César Lattes e o Nobel perdido

Posted by on ago 15, 2012 in Artigos, Biografia, Ciência | 9 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (6 votes cast)

Cesare Mansueto Giulio Lattes, ou simplesmente César Lattes (Curitiba, 11 de julho de 1924 — Campinas, 8 de março de 2005), foi o maior físico e o brasileiro a chegar mais perto de ganhar um Prêmio Nobel: o Nobel de Física. Polêmico, principalmente no que dizia respeito a Einstein e suas teorias da relatividade (tanto a restrita, quanto a geral), foi um de tantos gênios da física no último século. Formado em matemática e física pela USP (Universidade de São Paulo) em 1943, foi, juntamente com outros brasileiros, trabalhar na Europa com professores como Gleb Wataghin e Giuseppe Occhialini e foi considerado o mais brilhante deles. Com apenas 23 anos de idade foi um dos fundadores do CBPF (Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas), no Rio de Janeiro. De 1947 a 1948, Lattes iniciou sua principal linha de pesquisa, o estudo dos raios cósmicos, os quais foram descobertos em 1932, pelo físico norte-americano Carl David Anderson. Montou um laboratório a mais de 5.000 metros de altitude em Chacaltaya (uma montanha dos Andes, Bolívia), empregando chapas fotográficas para registrar tais raios. Durante uma viagem para a Inglaterra com seu professor Occhialini, onde foi trabalhar no H. H. Wills Laboratory da Universidade de Bristol, […]

Read More

Brasil pode se tornar membro da maior comunidade astronômica do mundo (ESO) em agosto

Posted by on ago 2, 2012 in Artigos, Ciência | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

A entrada do Brasil para o ESO (European Southern Observatory – Observatório Europeu do Sul, em português) tem sido uma verdadeira novela. Em dezembro de 2010 o ex-presidente Lula e o então ministro da CTI (Ciência, Tecnologia e Inovação) Sérgio Rezende assinaram uma carta de intenções com o ESO, a respeito da entrada do Brasil para o grupo. Contudo o Brasil não ratificou o acordo, o que havia se comprometido inicialmente a fazer até maio de 2011. O ESO é um consórcio de 15 países europeus fundado em 1962 para realizar estudos astronômicos a partir de potentes telescópios construídos no Deserto do Atacama, Chile, que é considerado um dos melhores lugares do mundo para a observação do espaço. O grupo possui os maiores telescópios do planeta, como o VLT (Very Large Telescope) e o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array). O ESO possui ainda uma comunidade astronômica de 5.000 cientistas e uma produção acadêmica que só perde para o telescópio Hubble, da NASA. A questão foi completamente ignorada pela gestão de Aloizio Mercadante no MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) até 23 de janeiro de 2012, quando Mercadante deixou a pasta para assumir a do Ministério da Educação. Contudo o […]

Read More

Página 4 de 11« Primeira...23456...10...Última »
ChatClick here to chat!+