O lado oculto da Lua

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

phpThumb
A câmera Epic (Earth Polychromatic Iamging Camera), acoplada ao satélite DSCOVR (Deep Space Climate Observatory), fotografou o lado oculto da Lua essa semana. Além da imagem principal, a Nasa fez uma animação a partir de uma compilação de imagens feitas durante quatro horas de observação, que você pode ver no site da Veja. As primeiras documentações sobre a face oculta da Lua começaram em 1959 após observações feitas com o satélite Luna 3.
Cunhantã Digital

O Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas (ICOMP/UFAM), pensando em como estimular a maior participação das mulheres na área de C & T, irá promover o evento Cunhantã Digital no próximo dia 21. O evento irá apresentar exposições de painés, a apresentação do Projeto SciTechGirls e aplicativos desenvolvidos por mulheres estudantes. O evento será satélite ao Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (CSBC), segundo matéria no site da instituição.
Robótica na educação

No município de Itacoatiara, interior do Amazonas, a robótica está cada vez mais presente como prática educacional. Segundo matéria no site da Fapeam, alunos da Escola Estadual Deputado Vital Mendonça usam os conhecimentos da área para complementar conteúdos por meio do Programa Ciência na Escola, sob coordenação do professor Ademir Cortez.
Feira de aplicativos

A Universidade do Estado do Amazonas (UFAM) promoveu, no último dia 6, a Feira de Aplicativos do Instituto de Computação (ICOMP) com a apresentação de 26 trabalhos. Os aplicativos apresentados visam melhorar a vida dos cidadãos e os serviços da cidade.
USP na construção de telescópio

Pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da Universidade de São Paulo (USP) participaram do desenvolvimento de um braço mecânico que irá sustentar de uma câmera do CTA (Cherenkov Telescope Array), conjunto de observatórios que serão instalados no Chile e nas Ilhas Canárias. O observatório será inaugurado em 2017, após a instalação de todos os equipamentos.

Anfíbios peçonhentos

Pesquisadores do Instituto Butantan, em São Paulo, e da Universidade de Utah, nos EUA, podem ter encontrado as duas primeiras espécies de anfíbios peçonhentos. Duas pererecas, Corythomantis greeningi e Aparasphenodon brunoi, encontradas na Caatinga e na Mata Atlântica respectivamente, têm espinhos ósseos venenosos na cabeça, segundo matéria do site Veja. Os pesquisadores afirmar que as espécies combinam os mecanismos de defesa e caça típicos dos peçonhentos, caracterizando uma grande descoberta científica.
A nova espécie de planta carnívora

Em 2012, a planta carnívora Drosera magnífica foi descoberta no Brasil graças ao Facebook. Desde então, os pesquisadores Paulo Gonella, Fernando Rivadavia e Andreas Flischmann estão estudando a planta. Os relatórios feitos por eles foram cedidos ao site da Galileu, que elaborou as 5 informações que você precisa saber sobre a planta. Leia clicando aqui.

Yara Laiz Souza, acadêmica de Ciências Biológicas da UEA, manauara. Ex-aluna do IFAM/CMDI, 
ex-pesquisadora de PIBIC. Escreve sobre ciências para o Amazonas Atual e para a 
organização Livres Pensadores.
Participe da coluna: mandesuapautaprayara@gmail.com
Sigam-nos nas redes sociais:  Facebook e Instagram

Autor(es):

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+