“Se você não acredita em Deus, por que não se mata?”

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.0/10 (7 votes cast)

Quem nunca viu este “argumento” (se é que podemos chamá-lo assim) vindo de teístas? Respondê-lo pode ser bastante simples, verdade, mas ainda assim vale a pena escrever um artigo a respeito dele e de diferentes formas de respondê-lo.

Para começo de conversa, ninguém quer morrer. Seja ateu, teísta, deísta, panteísta… Ou o que for. Evidência disto é que pouca gente de fato se mata. Gostamos daqui, gostamos da vida e dos prazeres aos quais podemos ter acesso. Gostamos de certas pessoas, as quais também gostam de nós e sentiriam nossa falta. Portanto perguntar “porque não se mata” não faz o menor sentido.

Outro ponto é sobre o pós-morte: teístas normalmente acreditam em alguma forma de “inferno” e de “paraíso”, acham que após a morte irão para algum deles; já os ateus não. Nós, ateus, sabemos que, morrendo, acabou. Pura e simplesmente. Nossos átomos serão reintegrados à natureza da Terra, seguindo o ciclo de vida e morte.

“Se, numa discussão, um dos muitos que gostariam de saber tudo, mas se recusam a aprender qualquer coisa, nos perguntar a respeito da continuação da vida após a morte, a resposta mais adequada e mais correta é: ‘Após a morte você será o que era antes de nascer’.”

— Arthur Schopenhauer

Então, a menos que esteja profundamente depressivo e já sem esperanças na vida, por que diabos um ateu se mataria? Apenas para satisfazer a vontade dos teístas, deixando a Terra para que eles se divirtam matando uns aos outros? Não, nós não faríamos isto, assim como não abriríamos mão de criticar o que achamos estar errado.

O mais interessante é que, já que teístas creem em alguma forma de “paraíso”, o “argumento” deles poderia ser invertido. Poderíamos dizer simplesmente:

Não me mataria, gosto daqui. Mas já que você acredita em deus, acredita que quando morrer vai para um lugar melhor, junto de seu deus… Porque você não se mata?

Muitos teístas não saberiam responder a este contra-argumento. Contudo, existe sim um motivo para que eles não se matem para ter acesso mais rapidamente a este “paraíso”: as religiões condenam o suicídio. Ou seja, as religiões fazem uma promessa irreal e irrazoável (desse “paraíso”) e, em seguida, criminaliza o suicido.

A lógica disso é simples: se não condenasse o suicídio, muitos teístas de fato se matariam para ter mais rapidamente acesso a essa promessa, deixando as religiões sem fiéis. (E, portanto, sem dinheiro, sem ter a quem manipular, etc.) Ou seja, não passa de uma forma de evitar que essa promessa imbecil as leve à falência.

Outra forma de responder a este “argumento” seria apelando à própria emoção do teísta e usando sua própria arma contra ele: bastaria perguntar a ele se ele acha que Jesus se orgulharia de um de seus seguidores estar desejando a morte de outro ser humano. Afinal, um dos mandamentos da bíblia cristã é “não matarás”, além de Jesus ter dito “ama o teu próximo como a ti mesmo”.

18. O homem perguntou: «Quais mandamentos?» Jesus respondeu: «Não matarás; não cometerás adultério; não roubarás; não levantarás falso testemunho;

19. honra teu pai e tua mãe; e ama o teu próximo como a ti mesmo».

(Mateus 19)

A bíblia é, sempre, a arma mais forte contra qualquer argumento religioso. Eles não conhecem seu próprio livro sagrado, não sabem de suas contradições, nem das partes horrendas, como Deuteronômio e Levítico. Basta mostrar qualquer uma destas coisas para um teísta para ele ficar sem qualquer resposta, até porque não há como responder essas coisas, por mais que teólogos tentem inventar desculpas esfarrapadas para elas.

“Se mais cristãos lessem a Bíblia, haveria menos cristãos.”

— Derek W. Clayton

Para finalizar, é sempre bom lembrar que podemos sim debater com teístas, afinal o debate é sempre saudável. A única coisa que se deve tomar cuidado é para não agredir as pessoas, mesmo os teístas, apesar da forma como eles nos agridem. E essa agressão é até natural: quando veem um ateu eles temem ter sua própria fé abalada, até porque ela normalmente já está. Todo teísta tem dúvidas, apenas alguns procuram tirá-las (e acabam se tornando ateus), enquanto outros tentam reprimi-las.

"Se você não acredita em Deus, por que não se mata?", 8.0 out of 10 based on 7 ratings

Autor(es):

Mário César

Sou formado em Engenharia de Software e QUASE em Ciência da Computação (não concluí). Pretendo, agora, fazer astronomia na USP assim que possível para, depois, me especializar em astrobiologia. Sou um apaixonado pela ciências em geral e gosto muito de investigar alegações extraordinárias (como a ufologia, por exemplo).

Todas as postagens do(a) autor(a)

7 Comments

  1. Eu já me deparei algumas vezes com essa situação e não parei para pensar e dar uma resposta adequada. Se eu tivesse lido esse post antes… bom, outras oportunidades surgirão! 🙂
    Aquele filme “O Primeiro Mentiroso” brinca com o assunto de maneira interessante. Vale a pensa assistir!

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +1 (from 1 vote)
  2. concordo em parte com sua linha de argumentação, mais no meu caso sou agnostico se existe algum tipo de plano apos a morte e pra ser franco não me importo muito com isso, acredito que muitos teistas como eu pensam assim, me preocupo com o meu papel neste plano, se de fato existe um ciclo da vida acredito que cada ser humano deve contribuir para que a existencia individual e coletiva seja produtiva e benefica, me posiciono como um cidadão e como cidadão tenho direitos e deveres, parabens pelo trabalho.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: -1 (from 1 vote)
  3. O ateu somente não crê nos 1000 deuses que existem por aí. O cristão não crê em 999! Sendo assim…

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 2 votes)
  4. Tirado de um site Cristão.

    “se Deus aparecesse, todos acreditariam Nele! ”

    Discordo dessa afirmação, pelo contrário, se ele aparecer ninguem vai mais acreditar nele, já que o conceito de Deus invisível só reforça a fé das pessoas no mistério, O ser humano sempre buscou respostas onde não existe lógica , mas pela física quântica o invísivel existe, mas possui um tamanho que se mede em nanômetros, um átomo se mede em nanômetros. Logo Deus não existe pelo fato do invísivel ser a matéria microscópica do Universo, Agora se Deus existir e é “invísivel” ,então seu tamanho e reduzido em nanômetros por isso não. vemos.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +1 (from 1 vote)
  5. SE DEUS APAREÇER,MUITOS VAO PERDER ATE A VOZ,VAO FICAR MUDOS,E BRANCOS DE MEDO!!!!!!EU NAO QUERO VER A FURIA DE DEUS, NUMCA NA MINHA VIDA!!!!DEUS E VISIVEL,INVISIVEL,O QUE ELE QUISER,COMO ELE QUISER!!!!JESUS DISSE;DE A CESAR O QUE E DE CESAR ,E A DEUS O QUE E DE DEUS!!!!QUANDO LHE PERGUNTARAM SOBRE INPOSTOS,E DIZIMO!!!!JESUS TAMBEM DEU DINHEIRO PARA A IGREJA!!! JESUS DISSE A UM DICIPULO;PESQUE UM PEIXE E TIRE DELE UMA MOEDA DE OURO,O DIÇIPOLO ASSIM FEZ,E LA ESTAVA A MOEDA!!!!!

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: -1 (from 3 votes)
    • Desculpa cara, mas isso não cola comigo. Não tenho o menor medo de criaturas imaginárias.

      VN:F [1.9.22_1171]
      Rating: +3 (from 5 votes)
  6. Ótima argumentação, parabéns.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+