2016: mais Biotecnologia, por favor

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Biotecnologia

Já está mais que provado que uma sociedade sem avanços tecnológicos e científicos tem um futuro incerto e obscuro. Por mais que no Amazonas a Ciência venha sendo tratada com desdém desde o ano passado, tadalafil esperanças não faltam em pesquisas cada vez mais interessantes. O Amazonas é um grande laboratório de Biotecnologia, price um dos ramos científicos que podem alavancar o nosso país. Para o início de 2016, website temos estudos para a elevação da produção de etanol no Amazonas, que visa aproveitar todos os açúcares presentes no bagaço da cana de açúcar; a produção de inseticida caseiro super eficiente contra o mosquito transmissor da dengue, febre chikunguny e zika vírus, o Aedes aegypti; o biocombustível gerado através do guaraná da Amazônia; a produção de energia a partir de pedaços de papel e a discussão de políticas públicas para medicamentos a partir da biodiversidade.

Sonda molecular

O Laboratório de Micologia do Instituto Nacional de Pesquisas do Amazonas (Inpa/MCTI) desenvolveu uma sonda molecular que detecta, em 4 horas, a histoplasmose. Essa doença, uma infecção grave, ataca pacientes imunocomprometidos como portadores de Aids/HIV. Antigamente, o diagnóstico demorava 25 dias. A sonda foi batizada de Fish.

Contrair malária mais vezes

Uma parceria entre o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) da Universidade do Estado de São Paulo (USP) com a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) está avaliando as chances de uma pessoa contrair malária mais de uma vez. Dessa forma, eles esperam conseguir ações mais efetivas no controle e combate da enfermidade.

Melhores imagens do nosso planeta

2015 teve cliques de tirar o fôlego em que mostrava as belezas dos planetas do nosso Sistema Solar. O Planeta Terra também não ficou por baixo e teve lindas imagens feitas. Uma equipe da Nasa selecionou as 15 melhores fotos feitas do nosso planeta diretamente do espaço. O resultado você encontra clicando aqui. 

Barata ajudando em pesquisas

Uma barata nativa da Polinésia está ajudando a entender como uma gravidez com estresse pode interferir no desenvolvimento do feto. O RNA, um tipo de material genético encontrado em todos os seres vivos, dessa barata foi decodificado e um molde foi criado e será aplicado em humanos muito brevemente. Essa é a primeira vez que esse tipo de inseto ajuda numa pesquisa genética humana.

Evolução de patógeno

Um homem, de mais de cinco mil anos de idade, cujo corpo estava preservado no gelo está ajudando a elucidar a evolução de uma bactéria encontrada no estômago de muitas pessoas hoje em dia e que carreta em muitos problemas gastrointestinais durante a velhice. Batizado de Iceman, este homem já carregava a mesma bactéria dentro de si, o que pode possibilitar aos pesquisadores a chance de estuar a evolução e transformação da bactéria e os problemas causados.

Yara Laiz Souza, acadêmica de Ciências Biológicas da UEA, manauara. Ex-aluna do IFAM/CMDI, ex-pesquisadora de PIBIC. Escreve sobre ciências para o Amazonas Atual, para a organização Livres Pensadores e para o Núcleo de Pesquisas de Ciências – NUPESC e para o site Ciência e Astronomia.

Participe da coluna: mandesuapautaprayara@gmail.com

Sigam-nos nas redes sociais:  Facebook e Instagram

Autor(es):

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+