Tiranos e o poder do povo

Posted by on mar 6, 2015 in Artigos, Crônicas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Governantes tiranos, sejam eles ditadores ou meros autoritários eleitos pelo povo, sempre foram um problema da humanidade. Ainda mais porque, normalmente, eles utilizam os momentos em que estamos mais frágeis para tomar o poder. Peguemos Hitler, por exemplo: seu partido cresceu e elegeu muitos deputados, o que lhe permitiu chegar ao poder, sendo nomeado Chanceler em 1932. Tudo devido a uma Alemanha arrasada pela Primeira Guerra Mundial e pela crise de 1929. Outro que teve uma história semelhante foi Mussolini, que em maio de 1921 foi eleito deputado e, em outubro de 1922, foi nomeado Primeiro Ministro pelo rei Vítor Emanuel III. Isso devido a um período de grandes perturbações políticas e sociais. Outras semelhanças entre eles é o fato de usarem magistralmente a propaganda e terem sido capazes de conseguir muitos seguidores fanáticos. A Revolução Russa não foi muito diferente. Na época, a Rússia tinha uma grande massa de operários e camponeses trabalhando muito e ganhando quase nada. O governo do czar Nicolau II era absolutista e gastava demais com o esforço de guerra (da Primeira Guerra Mundial, no caso). Isso desagradava profundamente o povo, que desejava um governo menos opressivo e democrático. A soma desses fatores levou a […]

Read More

Desenvolvimento de um país e seu governo

Posted by on fev 20, 2015 in Artigos, Crônicas | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.3/10 (3 votes cast)

Antes de mais nada: não, este texto não é contra o governo federal nem nenhum outro. Tenho uma forte opinião pessoal sobre tudo que tem sido feito no Brasil por governos das três esferas (federal, estadual e municipal), mas o tema não é esse. A questão é: quem faz um país, seja ele qual for, não é seu governo, mas seu povo. Costumamos, aqui no Brasil, esperar por um “salvador da pátria”. Alguém que chegue ao poder e corrija tudo, num “passe de mágica”. Ficamos esperando que o governo faça tudo por nós, mas isso simplesmente sequer tem como acontecer. Por mais impostos que um país cobre, chegando a extorquir a população, ele jamais terá como fazer tudo. Governos prestam serviços à população (mesmo que na forma de obras), variando na quantidade. A Suécia, por exemplo, tem uma carga tributária de cerca de 53%, enquanto que a brasileira é de cerca de 36%, e, por óbvio, o retorno desses impostos sequer se compara. No Brasil perde-se dinheiro demais com corrupção, burocracia, falhas no sistema que nunca são corrigidas, entre tantos outros. Coisas que não são nem fáceis nem rápidas de se corrigir e, boa parte sequer depende de leis ou […]

Read More

Enquanto isso, na Europa…

Posted by on fev 4, 2015 in Artigos, Crônicas, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.   O Brasil é um reduto importante da Igreja Católica, sem dúvida. Bom ouvir isto de um amigo português, meio desfazendo a aura de evento-monstro que só funciona em países como o nosso:   “É no Brasil e noutros países das vizinhanças que [a Igreja] ainda tem apoio, aqui na Europa além dos velhos, as igrejas já começam a ser transformadas em bares e bibliotecas, a juventude europeia está-se a cagar para o papa e para a religião.”   Depois ele aconselhou que ficássemos com o papa, que não o deixássemos voltar. Não, peraí! Amizade tem limite.     Postado por Perce Polegatto   Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

BBB: que tal outras opções?

Posted by on jan 30, 2015 in Artigos, Crônicas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Como todos devem saber, o Big Brother Brasil 15 estreiou dia 20 de Janeiro, 10 dias atrás, portanto. O programa fez muito sucesso, principalmente nas primeiras edições, mas, hoje, o que se vê na internet são mais críticas do que elogios. A questão é que, independente da qualidade – ou falta dela – do programa, ele já está mais do que batido. Virou “notícia de ontem”. Entenda: minha crítica não é mais uma daquelas vazias, que tanto vemos por aí. Eu cheguei a acompanhar (mesmo que de forma distante) duas ou três temporadas. O acho uma ótima ferramenta para observar o ser humano: até devido ao seu formato, o programa é capaz de trazer à tona o melhor e o pior do ser humano de forma transparente – coisas que, no dia a dia, fica escondido, maquiado. Os problemas são outros: primeiro, já observei o suficiente; segundo, as pessoas já aprenderam os truques, não se mostram mais de forma tão clara e transparente; e, terceiro, é um programa muito longo. Isso sem falar que apenas estudantes e pesquisadores das areas de humanas poderiam tirar real proveito do programa. Então por que não criar outros programas, reality shows ou não, que […]

Read More

O problema da política brasileira

Posted by on out 30, 2013 in Artigos, Crônicas | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.3/10 (4 votes cast)

A palavra “política” comporta diversos sentidos, desde o mais comumente conhecido, da luta por poder e organização do Estado, até a mera interrelação entre pessoas. Nesse texto, contudo, me focarei apenas no primeiro sentido que citei acima, não por mero reducionismo, mas porque quero analisar a situação atual brasileira. A política foi, ao longo dos séculos, sendo subvertida. Na Grécia Antiga, “politikós” significava “dos cidadãos” ou “pertencente aos cidadãos”. Quer dizer, a organização de suas cidades Estado era algo que vinha do próprio povo – que “emanava do povo”, como alguns juristas gostam de dizer. E povo era envolvido em todas as decisões. O auge disso aconteceu em Atenas e algumas outras cidades Estado gregas, onde as primeiras democracias diretas nasceram. Nelas, o povo se reunia nas praças e ali tomava todas as decisões políticas, uma a uma. Debatia, votava, etc. “O homem é um animal político.” – Aristóteles É verdade, de lá para cá tivemos um período de interrupção dessa forma de política, que poderíamos dizer que começou no nascimento do Império Romano e só foi terminar na Revolução Francesa. Mas esse período terminou e o povo retomou seu poder. Essa forma absolutista de governo caiu junto à Bastilha. […]

Read More

A espécie mais extraordinária do planeta

Posted by on ago 21, 2013 in Artigos, Crônicas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.5/10 (2 votes cast)

Existem, hoje, cerca de 1,75 milhão de espécies diferentes de seres vivos já catalogados pela ciência – o que inclui microrganismos, plantas e animais. O número parece gigantesco, contudo as estimativas mais otimistas apontam que esse número não passa de 30% das espécies existentes no planeta. [1] Isto sem falar, é claro de todas as demais espécies que já existiram e que, hoje, estão extintas: estima-se que até 4 bilhões de espécies de plantas e animais viveram em algum momento no passado geológico da Terra. Mas, dentre todas essas, uma se destaca das demais. Não devido à força de seus membros, porque, por mais que alguns sejam razoavelmente fortes, a maioria não o é. Não devido a seu tamanho, pois também não é lá grande coisa: quando adulto, esse animal varia de tamanho entre 1m e 2,10m, com raros exemplos fugindo disto, seja para mais, seja para menos. Sim, falo de uma espécie animal. Nenhuma espécie vegetal, por bela ou flor que ela flor que tenha, consegue superar. Nem nenhuma outra espécie animal, por mais bela que seja a pelagem. Essa espécie, aliás, tem pouco pelo. Grande parte de seu corpo é quase, senão totalmente, pelada. Contudo, existem problemas gigantescos […]

Read More

Democracia e Manifestações Populares

Posted by on jun 19, 2013 in Artigos, Crônicas | 1 comment

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Pessoalmente, odeio falar de política e relacionados. Porque, sempre que falamos e damos nossa opinião, ainda mais opinião livre de qualquer ideologia, surge uma reação autoritária. Primeiro, vem os rótulos: conservador, reacionário, direitista, esquerdista, neo liberal, comunista, socialista, etc. A questão é: sou livre para adotar – ou não – o rótulo que EU bem entender. Mas, devido às manifestações que tem ocorrido, mais o acirramento de ânimos que tem surgido por parte de alguns (poucos) nos protestos, me vejo obrigado a escrever sobre o tema. Por um lado, temos depredação, vandalismo e desrespeito às leis. Por outro, vemos uma manifestação pacífica e tão grande quanto as Diretas Já, que nos dá orgulho de sermos brasileiros. Enquanto que, por outro lado ainda, temos uma violência policial desmedida, principalmente nos primeiros dias. Democracia O temo “democracia” vem do grego e significa “poder do povo”. É fundamentado na ideia de uma “comunidade política”, na qual todas as pessoas possuem o direito de participar de tudo. Na acepção moderna o conceito traz, em seu âmago, certos direitos e liberdades, os quais são considerados universais a partir dos princípios de liberdade de expressão e dignidade humana. No que diz respeito ao regime político, na […]

Read More

Ideologias

Posted by on maio 8, 2013 in Artigos, Crônicas, Filosofia | 3 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.1/10 (7 votes cast)

Existem ideologias de todos os tipos: religiosas, políticas e até mesmo de “estilo de vida”. Elas prometem, basicamente, um “mundo perfeito” naquilo a que se aplicam: seja na salvação; seja na igualdade de direitos, liberdades e/ou econômica; seja na ideia de uma vida equilibrada e sadia. Contudo, quando comparadas à realidade e analisadas friamente, a gigantesca parte dessas ideologias (senão todas) se mostra ineficaz, ingênua ou mesmo deletéria ao ser humano. Seres humanos são bons e maus em si mesmos. Não no geral, mas em cada indivíduo. O humano nada mais é do que um macaco sujo, pelado e imbecil que se acha a última bolacha do pacote, mas que é incoerente, insensato, imaturo, idiota. Nada mais, nada menos. E as ideologias simplesmente ignoram tudo isso. Ignoram que cada indivíduo pensa e age de formas completamente diferentes. Somos, basicamente, um universo em forma de seres humanos. Não existe o que chamam de “cultura de um povo”, pois há visões e comportamentos diversos entre tal povo. O que existe, sim, é a “cultura média”, isto é, aquilo que é comum à maioria dos indivíduos do povo. No caso da ideologia comunista/socialista, por exemplo, o ser humano é visto como um bando […]

Read More

Idiocracia – ignorância vs. educação

Posted by on abr 24, 2013 in Artigos, Crônicas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (4 votes cast)

Publicado originalmente no Universo Racionalista, neste link. A palavra “idiocrasia” vem de um filme de 2006, chamado “Idiocracy“. O filme, que é de humor negro, retrata dois personagens que se inscrevem para um experimento militar de hibernação, que acaba dando tremendamente errado: eles despertam 500 anos no futuro e descobrem então, que o mundo se tornou uma sociedade humana uniformemente estúpida. Poderíamos, então, definir a palavra “idiocrasia” como a massificação da estupidez. Assim, eu pergunto: já não estaríamos caminhando para algo assim? Nossa sociedade valoriza os fortões, bonitões e burros, enquanto despreza os inteligentes. No Brasil, o modelo para nossas crianças não são pessoas como Albert Einstein e Carl Sagan, mas pessoas como Neymar, Pato e Ganso. O nível de aplicação em educação por nossos governantes é risível. Não importa com que partido você simpatize: todos agem assim e a coisa tem estado assim desde antes do golpe de 64. Talvez desde a independência. Apesar disso tudo, conseguimos produzir cientistas do calibre de Miguel Nicolelis, mas nossa produção intelectual, que se traduz, por exemplo, no número de pedidos de patentes, é risível. Pior: mesmo Miguel Nicolelis, com todo o conhecimento científico que já produziu, é pouquíssimo conhecido em nosso país. […]

Read More

O choro acabou

Posted by on mar 7, 2013 in Artigos, Crônicas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.2/10 (5 votes cast)

Na madrugada de quarta-feira, dia 6 de março, foi encontrado morto, em sua casa em Pinheiros, São Paulo, o músico Alexandre Magno Abrão. O Chorão, da banda Charlie Brown Jr. Especula-se, agora, se isto se deu por acidente ou suicídio, mas isto não importa. O fato é que perdemos um dos últimos grandes compositores e cantores do rock brasileiro. É verdade, no Brasil todo mundo que morre logo “vira santo”. Assim, muitos daqueles que sequer gostavam de suas músicas se transformam, magicamente, em fãs em prantos. Mas o fato é que as palavras de Chorão, assim como as de Cazuza, Renato Russo e tantos outros, tocaram fundo em muitos de nossos jovens. Ele, que sempre foi antenado com a juventude, soube falar sobre os ideais da juventude mais do que ninguém. Vivia andando de skate e, por isso mesmo, convivia de perto com os jovens. E provavelmente nunca voltaremos a ter outro assim. Eu não era fã, confesso. Gostava de diversas de suas músicas, mas nunca fui de ser fã de quem quer que seja. Mesmo de cantores como Elvis Presley e bandas como Iron Maiden e AC/DC, eu nunca fui exatamente um fã. Apenas ouço as músicas e gosto […]

Read More

A recepção antidemocrática de alguns brasileiros a Yoani Sánchez

Posted by on fev 20, 2013 in Artigos, Crônicas | 22 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.2/10 (5 votes cast)

A blogueira cubana Yoani Sánchez chegou ao Brasil na madrugada da última segunda-feira, dia 18 de fevereiro, e já teve de encarar, logo ao desembarcar, um protesto de “revolucionários” tupiniquins. Como se não fosse suficiente, mais protestos aconteceram pelos locais que visitou. Não me entendam mal. Protestar contra aquilo que se discorda é plenamente válido e permitido. Mas o que é contraditório é que só temos tais direitos, ou liberdades se preferir, graças às nossas “reacionárias” democracia e liberdade de expressão. Que é exatamente pelo que Yoani Sánchez luta, ou ao menos tenta lutar, em seu país. O que não é legítimo, contudo, é que se proteste contra pessoas, como foi o caso. O que é menos legítimo ainda é que se tente calar, censurar, outras pessoas. Ou, ainda pior, que se levante falso sobre as pessoas (mas, hei, não foi exatamente isto que a esquerda brasileira sempre fez enquanto estava na oposição?). Acusações como a de que a moça seria “agente da CIA” e coisas parecidas seriam legítimas se, e apenas se, fossem apresentadas evidências. O que, por óbvio, não é o caso. Ainda assim, com tudo o que ocorreu, a blogueira cubana disse: “Foi um banho de democracia […]

Read More

A juventude brasileira contemporânea

Posted by on dez 12, 2012 in Artigos, Crônicas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.0/10 (4 votes cast)

Na história humana, os jovens sempre seguiram, ao se tornarem adultos, o modelo de vida de seus pais. Isso incluía desde a profissão até a religião a ser seguida. Isso, somado a diversos outros fatores (como até mesmo a linguagem e demais traços culturais), é passado de pais para filhos por meio do que chamamos de tradição. Contudo, devido à gigantesca quantidade de informações às quais hoje temos acesso, esse paradigma tem sido quebrado. Segundo dados do Censo do IBGE, o número de católicos tem caído muito nas últimas décadas, enquanto que o número de evangélicos e de pessoas que se dizem “sem religião” tem crescido, o que demonstra perfeitamente essa quebra de paradigmas. Não apenas isso, mas dificilmente, hoje, um jovem seguirá a mesma carreira dos pais. Ainda segundo o artigo “Censo: Igreja Católica tem queda recorde no percentual de fiéis” do O Globo: Segundos os dados do Censo 2010, a idade mediana dos católicos apostólicos romanos é de 30 anos e dos evangélicos pentecostais – da Assembleia de Deus, Igreja Universal do Reino de Deus, Nova Vida, etc – é de 27 anos. Já a idade média dos evangélicos de missão – luteranos, presbiterianos, metodistas, batistas, etc – […]

Read More

A perseguição ao humor

Posted by on out 22, 2012 in Artigos, Ativismo, Crônicas, Filosofia | 17 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 6.2/10 (13 votes cast)

Temos visto nos últimos tempos uma verdadeira perseguição ao humor. Isto não acontece só na “vida real”, como no exemplo de Rafinha Bastos, mas também na “vida virtual”. Basicamente há pessoas vendo racismo, machismo, sexismo, etc, em tudo. Nenhuma piada está a salvo hoje em dia e o tipo de ação que tem sido tomada é o pior possível: a censura. No Facebook, por exemplo, denunciam imagens e até mesmo páginas, fazendo com que as mesmas sejam excluídas e tenham de ser recriadas do zero. Mas isto tudo é sintomático, pois apenas demonstra que as pessoas não fazem ideia do que é e de como funciona o humor… O que é, obviamente, complicado devido à educação deficitária que temos hoje no país e que forma, mais e mais, pessoas sem a menor capacidade de fazer interpretação de textos (quanto mais interpretação de textos não verbais, que são basicamente imagens, pinturas, etc). O humor tem sempre o objetivo de criticar alguém, alguma coisa, alguma ideologia, ou o que for. E, para isto, ele se utiliza todo e qualquer conteúdo para atingir este objetivo. Por isto mesmo não há como se fazer humor “politicamente correto”, afinal não há espaço para críticas dentro […]

Read More

Divagação sobre a teoria do Universo Simulado

Posted by on set 29, 2012 in Artigos, Crônicas | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.7/10 (6 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. Sempre vi como o motivo para a descrença de um religioso fundamentalista na teoria da evolução, não a estupidez ou a fé cega, mas a relutância em se ver como um animal. Realizar que o ser humano não é especial, talhado cuidadosamente por um pai amável, em seu atelier divino, mas sim o resultado de bilhões de anos de puro acaso. E sempre vi tudo isso como uma grande demonstração de covardia intelectual. Até que li uma notícia, mencionando a teoria que diz que o universo não é real, mas uma simulação gerada em computador por uma civilização altamente avançada. Ao terminar de ler, ri sarcasticamente e pensei que tudo aquilo era um grande absurdo, desperdício de inteligência, investimento e pesquisa. Então senti-me religioso. Eu, um programa de computador? Que absurdo! Quem esses cientistas pensam que são? Percebi que, em nenhum momento, perguntei o porquê. Por que desenvolveram essa teoria? Então busquei a resposta para essa pergunta, e, por um instante, pensei como alguém que nela acredita. Não há nenhum absurdo, nenhuma falácia e, até onde meus conhecimentos de leigo permitem identificar, nenhum erro científico. Convenhamos que, é possível julgar que os […]

Read More

Graças a Deus

Posted by on set 11, 2012 in Artigos, Crônicas, Leitores | 4 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. Sempre vi minha descrença em deus como a mais insignificante das minhas qualidades. Não me importo com religiões e com a crença alheia. Se esta não me for imposta, não me incomodo com aqueles que a praticam, o problema é do crente – ou talvez seja meu -, descobriremos após a morte, ou, se eu estiver certo, tudo chegará ao fim e não descobriremos nada, o que não irá importar, pois não terei consciência nem mesmo disso. Infelizmente, ou felizmente, não vivi cercado de pessoas que concordassem com esse modo de vida. Ateus são, como todos sabem, uma grande minoria no Brasil, portanto estes têm que aprender desde cedo a conviver com certa intolerância, ou simplesmente não manifestar suas ideias. No meu antigo emprego, repartia uma sala com duas mulheres. Ambas jovens, com algo em torno de vinte e cinco anos. Uma delas casada e a outra pensando em se casar. Em geral, elas eram pessoas de fácil convivência, mesmo sendo uma delas católica e a outra evangélica – ambas praticantes de suas crenças. Respeitavam-se entre si, na verdade, nas poucas vezes que as ouvi falando sobre religião, a discussão se dava […]

Read More

Página 1 de 41234
ChatClick here to chat!+