A vida é natural.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.


A vida é natural.

A minha e a sua. Eu e você, pilule nosso planeta e os outros, help o mar magnífico e as montanhas, o mais rústico desfiladeiro e a mais fina flor, os delicados seres que flutuam no fundo do mar e os complexos feixes de neurônios que formam nosso cérebro, todos são resultados de processos naturais – como não poderiam deixar de ser –, sem nenhuma intervenção de uma deusa criadora, sem o toque de uma varinha de condão, sem magia branca ou magia negra.

 

O Reino do Hades, o Reino dos Céus, o Inferno, o Jardim de Alá, a Estrela da Morte e as Terras Médias são espaços imaginários: não existem em parte alguma do universo, pois todo o universo é natural.

 

Não existem anjos, deuses, sereias… – porque o mundo é natural.

Não existe Jesus, não existe Maomé, não existe Zoroastro – esses homens morreram há muito tempo.

Não existem a Virgem Maria, são Jorge e são Francisco de Assis.

Cleópatra, D. Pedro I e o papa João Paulo II não existem mais.

 

O mundo é natural.

Nossa admirável imaginação pode se superar em inventividade.

Mas não pode mudar isso.

 

Postado por Perce Polegatto

 


Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

 

Autor(es):

Perce Polegatto

Nascido em Ribeirão Preto, SP. Publicou seu primeiro livro em 1985, “A canção de pedra”, que traz alguns de seus primeiros trabalhos, ainda sob forte influência do romantismo tardio de autores alemães e franceses. A metalinguagem, a busca da identidade humana e o questionamento existencial são algumas das principais marcas de seus textos. É autor de “A conspiração dos felizes”, “A seta de Verena”, “Lisette Maris em seu endereço de inverno” e “Os últimos dias de agosto”, romance recentemente reeditado pela All Print Editora, São Paulo.

Todas as postagens do(a) autor(a)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+