Candomblé é proibido em Piracicaba

Posted by on jun 11, 2012 in Artigos, Ateísmo | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

No interior de São Paulo a assembléia de Inquisidores Evangélicos passou por cima da Constituição que garante aos brasileiros liberdade religiosa e aprovou por unanimidade uma lei proibindo a prática do candomblé, religião essa que é brasileira por criação. Lá em Piracicaba/SP os seguidores desta religião terão que ir a outro município para professar sua fé ou pagarão multa no valor de R$ 2.000,00 e R$ 4.000,00 se houver reincidência. Vereadores de vários partidos se sentiram a vontade para aprovar esta lei sob o comando do prefeito psdbista Barjas Negri. A Câmara Municipal de Piracicaba/SP, por unanimidade, com o apoio dos vereadores dos seguintes partidos: PT, PDT, PP, PPS, PTB,PR, PMDB, PRB, PSDB, aprovou em 7/10, o PL 202/2010 do vereador Laércio Trevisan (PR).

Read More

Falando de Ateísmo

Posted by on jun 1, 2012 in Ateísmo, Ativismo, Ceticismo, Entrevistas, Entrevistas, Vídeos | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Adotando uma postura mais diplomática, por estar inserido em uma das capitais mais evangélicas do Brasil, Wagner Caldas – mantenedor e idealizador do Blog Bar do Ateu e de sua fanpage no facebook – concedeu uma entrevista para o Programa “9 Minutos”, da TV Tribuna, Vitória-ES, o tema: Ateísmo. Numa entrevista, onde o apresentador foi de muita elegância, Wagner falou sobre sua experiência de vida e suas concepções de ateísmo. Vale ressaltar que Caldas não falou em nome dos ateus, falou do ateu que ele é, bem como, de qual forma ele entende o ateísmo. O apresentador gostou tanto do tema que propôs dividi-lo em dois programas, os quais foram ao ar nos dias 30 e 31 de maio. Seguem os vídeos dos programas: Programa do dia 30/05/2012 Programa do dia 30/05/2012

Read More

Contra o preconceito e o bullying

Posted by on abr 12, 2012 in Artigos | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (5 votes cast)

Todos os dias podemos ver nos jornais e noticiários casos de bullying e preconceito. Um desses casos ganhou repercussão em Miraí, cidade de 13,8 mil habitantes que fica na Zona da Mata, a 335 km de Belo Horizonte. O estudante Ciel Vieira, 17 anos, ateu há dois anos, foi vítima, pasmem, da própria professora. Lila Jane de Paula, a docente, alegava que na sua primeira aula do dia, independente da classe, a classe deveria fazer uma oração. A professora, ao perceber que Ciel permanecia em silêncio durante as orações, repreendeu o rapaz. Ciel se defendeu, dizendo que a prática da professora de obrigar os alunos a orarem é ilegal, afinal o estado é laico. A professora, de forma grosseira e ditatorial, disse que “tal lei não existe” e chegou ao absurdo de dizer que, se essa lei existe, Ciel deveria levar um juiz à sala de aula. Lila Jane de Paula foi ainda mais longe e disse que “um jovem que não tem Deus no coração nunca vai ser nada na vida”. Para piorar tudo, Ciel passou a sofrer bullying dos colegas depois deste episódio. Esse caso de preconceito e bullying é causado por uma soma, perigosa, de fatores: Uma […]

Read More

Ateu, Conte sua História

Posted by on jan 29, 2012 in Artigos | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Read More

O perigo da falta de senso crítico e ceticismo

Posted by on dez 13, 2011 in Artigos, Ateísmo, Ceticismo | 2 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Fonte: Bar do Ateu Hoje acordei e ao ler meus emails fui presenteado por um ex-aluno com um texto muito interessante, onde apresentava-se estudos que questionavam a veracidade de um registro fóssil humano, de 7 milhões de anos, pois, este se assemelhava ao fóssil de um macaco da época. Vou postar apenas o último parágrafo, o qual provocou um alvoroço de comentários cristãos e criacionistas no Blog: Fonte: http://hypescience.com É isso mesmo que você leu: 4200 mil anos Ora, logo me questionei, mas, só a cultura Egípcia tem mais de 6000 anos. A própria bíblia aponta, no criacionismo, que o homem  foi criado a aproximadamente 6000 anos atrás.  Esse tipo de texto inflama as pessoas: [Editado] É isso mesmo que você leu: 4200 mil anos, que, matematicamente exprime 4.2 milhões de anos, mas, se torna algo perigoso, como é possível ver no post abaixo: O comentarista pede para a autora apagar o mil, já que ele e boa parte dos leitores entendem que ela quis dizer 4200 anos. [/editado] (agradecimento ao colega José Geraldo Gouvêa) Ora, logo me questionei, mas, só a cultura Egípcia tem mais de 6000 anos. A própria bíblia aponta, no criacionismo, que o homem  foi criado […]

Read More

Moral da Mitologia Hebraica: As filha de Lot

Posted by on nov 28, 2011 in Artigos | 21 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.0/10 (3 votes cast)

Fonte:  Bar do Ateu Moral da Mitologia Hebraica: As filha de Lot A bíblia, quando lida criticamente, mostra-se um livro de histórias absurdas e impublicáveis em nossos tempos. Os cristãos a tem como um modelo de moral e costumes, porém, obliteram as passagens mais ácidas e sem sentido. É como se fosse possível dizer que uma parte desse livro é boa e outra não, ou seja, a bíblia é boa em partes, porém, ela, como um todo, é entendida como palavra de deus. Não faz sentido, para mim, então, dizer que existem extratos que devem ser desconsiderados. O deus deles não é perfeito? Como inspiraria  (II Timóteo 3:16,17) um livro cheio de erros científicos e de péssimos exemplos de ética e moral? Ao dizer que parte da bíblia deve ser interpretada no contexto de sua época, e, que, no mesmo livro da bíblia, as vezes no mesmo capítulo de onde se prescindiu a interpretação, existe algo que é claro e evidente e que não deve ser colocado à guisa da análise hermenêutica. Quem define isso? Quem diz que determinada passagem de Gênesis é literal e outra é interpretativa? Quem diz que Levíticos é lei para um povo rude, indócil e […]

Read More

Deus x Futebol x África

Posted by on set 12, 2011 in Artigos | 4 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (4 votes cast)

Post postado, originalmente, no Bar do Ateu, no dia 10/09/11. Mas, e todos os demais, que não tiveram o mesmo favorecimento do acaso? Em que eles são piores do que esses? Qual a medida usada pelos seres invisíveis para escolher uma pessoa para presentear com dádivas, enquanto milhares de crianças sofrem, todos os dias, com a fome na África? Essas divindades não tem competência para aplacar essa fome, mas, se importam em ajudar alguém à fazer um gol? Se não podem intervir fisicamente, não conseguem tocar o coração de nenhum líder mundial, ou líder religioso, para que promova uma ação de misericórdia? Não pretendo polemizar se deus existe ou não. Eu não acredito e tenho meus argumentos, os quais estão muito longe dos argumentos utilizados na imagem. Eu não discuto a existência de deus, pra mim isso é insignificante, dado que, repetindo, não acredito, digam o que disserem. A imagem tem o objetivo de provocar o questionamento: quem sou eu para receber as graças de um deus, enquanto milhares morrem de fome, chacinados, de doenças etc? É desse deus, que nasce da ignorância e da arrogância, um retrato do próprio homem projetado na sua ansiedade de uma entidade transcendental e […]

Read More

Pela Laicidade Nas Universidades Públicas

Posted by on mar 21, 2011 in Artigos, Ativismo | 1 comment

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

É engraçado como as sucessões de acontecimentos parecem uma grande repetição. Tivemos o grito dos negros, o grito das mulheres, o grito dos homossexuais. Todos estes, em algum momento, tentaram ser silenciados, pois, subjugavam o sistema imposto. Quanto sofrimento foi necessário para que essas vitórias viessem, e olhe que nem todas as guerras acabaram, que o diga os homossexuais. Um colega vive a sua batalha, essa pelo direito de um Estado laico, pela não religiosidade de instituições públicas, pelo fim da utilização de um espaço laico para professar a fé e fazer proselitismo. Em sua denúncia ele escreve: Há tempos os ambientes comuns da UFES (corredores, murais, auditórios, salas de aulas, etc.) vem sendo utilizados para a prática de rituais religiosos. Em alguns locais, é possível verificar a presença de símbolos religiosos como crucifixos, cruzes, imagens, etc. Nada mais de direito que isso. O Estado é laico (ponto). Porém, não age como tal. Vide o dizer na cédula de Real. Porém, penso que é hora de começar a provocar uma mudança de postura nos organismos públicos, não só em respeito aos não crentes, mas, também, em respeito à todas ideologias. Recentemente, na cidade de Sidrolândia, uma defensora pública está preparando […]

Read More

ChatClick here to chat!+