Nikola Tesla vs Thomas Edison

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

 

Os americanos adoram idolatrar Edison como o inventor dos inventores pelo simples fato de ter nascido por lá, Nikola Tesla, que inventou as grandes inovações que hoje utilizamos, por ter nascido na Europa e ter trabalhado nos Estados Unidos é esquecido pois sua memória põe em xeque o inventor da lâmpada menos eficiente do mundo.

Nikola Tesla foi o primeiro a converter um automóvel a combustão em um elétrico, além de outras coisas que tornam possível coisas simples e grandiosas do dia-a-dia e esquecemos de lembrar dele, ao invés, lembramos de seu rival na época em que os inventores tinham um campo aberto para descobrir as coisas que são óbvias para nós.

Primeiro eu faço o seguinte questionamento, quando você chega em casa, liga a lâmpada (claro, a lâmpada fluorescente, que economiza mais) e se perguntassem para você lembrar um nome de alguém que tivesse participado nessa criação muitos lembrariam o nome de Thomas Alva Edison, mas a verdade é que a corrente alternada que leva a energia das usinas até a nossa casa foi invenção do Tesla, bem como a lâmpada fluorescente.

No passado houve muita disputa entre Edison e Tesla principalmente em um padrão de distribuição de energia, enquanto Edison defendia  a corrente contínua (CC), Tesla propôs (além da Torre de Energia Sem Fio) a corrente alternada (CA), para o padrão do americano deveríamos ter regeneradores de energia a cada 2 ou 4 quilômetros e por conta dessa perda tremenda o diâmetro dos fios era imenso e chegava ao limite tendo que para isso ser utilizados vários fios. Para o sérvio (sim Tesla era sérvio) uma nova abordagem de corrente alternada permitiram cabos mais finos e sem qualquer regenerador de energia no meio, o que tornou simples e barata a distribuição de energia.

Tesla não se importava com o dinheiro e para defender que a CA era o melhor para o mundo ele abriu mão de royalties e qualquer outra remuneração proveniente do negócio que fizera com a Westinghouse na fabricação dos componentes que tornaram a corrente alternada o que é hoje.

Enquanto Edison se preocupava em difamar Tesla para obter vantagens comerciais, Tesla não se importava com fama nem com dinheiro, ele quase que a vida inteira viveu em um quarto de hotel dizendo que o único dinheiro que necessitava era para continuar inventando coisas.

O Encontro com Edison

Em 1882, Tesla arrumou um emprego na Companhia Continental Edison em Paris, distinguindo-se como um bom engenheiro. Dois anos mais tarde, viajou à Nova York para conhecer o presidente da companhia: o próprio Thomas Edison.

Este encontro não foi bom como havia sonhado. Edison o observou com desprezo e certamente não tinha intenção em colaborar com qualquer esquema CA. Edison via CA como uma ameaça a seu império CC. Tesla prometeu aumentar a eficiência de dínamos em 25% em dois meses. Edison disse a ele que se assim conseguisse, ele lhe pagaria cinqüenta mil dólares. Conseguiu cumprir com a promessa, melhorando os dínamos por uma margem maior do que a prometida a Edison. Mas, quando pediu por seu pagamento, Edison recusou-se a honrar o acordo, dizendo que estava apenas ‘brincando’. Tesla demitiu-se e nunca mais trabalhou com Edison.

Tesla foi contatado por um grupo de investidores que desejavam vender a lâmpada de arco que ele havia inventado e assim, nasceu a Companhia Elétrica Tesla. Tesla estava ansioso por esta oportunidade de trazer a corrente alternada ao mundo, mas seus investidores nada queriam com ela. Assim, Tesla foi rejeitado pela companhia que tinha seu próprio nome.

Energia sem fio e o verdadeiro rádio

A Torre Wardenclyffe (1901-1917) também conhecida como Torre de Tesla, foi uma antena que geraria eletricidade pelo ar e pela terra sem fios e também serviria para telecomunicações, uso em telefonia, transmissão de vídeo, imagens e músicas.

A torre chegou a ser construída quase que completamente, mas os investidores não continuaram o projeto pois decidiram investir em outro projeto semelhante para utilizar antenas e telecomunicações.

Nikola Tesla vs Thomas Edison, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Autor(es):

Daniel

Sou desenvolvedor de softwares, ateu, cético, gamer, fã de Star Wars, mochileiro das galáxias, lutador de Hapkido, jogador e mestre de D&D. Converso sozinho e disfarço quando as pessoas percebem, defendo tudo aquilo que acredito estar certo, critico tudo aquilo que acredito estar errado, acredito que um mundo melhor é possível se cada um fizer a sua parte e observo o mundo ao meu redor para melhor entendê-lo, sempre em busca de novos e eternos aprendizados.

Todas as postagens do(a) autor(a)

One Comment

  1. Adorei seu artigo Daniel, estarei recomendando este espaço para minha filha, gostei da forma como você abordou o comportamento egocêntrico de Thomas Edison ante ao genial Nikola Tesla e espero que o mundo seja mais justo com os gênios do presente e do futuro, pois os do passado só tiveram experiências ruins.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+