Os filmes supostamente preconceituosos de Hollywood.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.4/10 (7 votes cast)

 

 

movie-reel

Atenção O texto à seguir NÃO representa a opinião do grupo Livres  Pensadores.

NÃO é de nossa autoria.


star_fullConvido-lhe à assistir o documentário “Preconceito Social” realizado pelos cearenses Gabriel Donizeti e Amanda Carvalho em conjunto com a UNIFOR (Universidade de Fortaleza).

Parte 1

 Parte 2


 

movie-reelFonte: http://www.getro.com.br/2012/12/filmes-racistas-de-todos-os-tempos/

Movie_Camera O Último Mestre do Ar

“O diretor Shyamalan vinha de uma série de fracassos e tentava recuperar sua carreira quando foi acusado de racista por este filme. Os fãs do desenho animado no qual o longa é baseado reclamaram porque dois protagonistas que são negros na animação ficaram brancos no longa e o vilão, ambulance que é branco no desenho, buy information pills virou um indiano. Para piorar, todos os personagens malvados da história têm origem oriental.”


Movie_Camera Planeta dos Macacos

“Na década de 1960/70, ápice dos conflitos raciais nos EUA, Hollywood dava um jeitinho de passar sua mensagem segregacionista até mesmo numa ficção científica. Aqui, onde seres humanos são raridade, fica bem evidente que os macacos de pele clara são “bonzinhos” e hierarquicamente superiores aos de pele escura, os verdadeiros vilões.”


Movie_Camera

O Último Samurai

“Tom Cruise interpreta um oficial do exército tão superior aos japoneses que aprende facilmente a língua nativa, vira um mestre samurai e transa com a viúva do homem que ela matou, tudo isto em apenas seis meses. Neste mesmo tempo, o exército japonês mal aprendeu a carregar um rifle adequadamente. No final, ainda fica implícito que o homem branco é um ingrediente necessário para salvar toda uma população nativa.”


 

 

Movie_Camera

Nova York Sitiada

“Há esta altura do campeonato, já ficou notório para os norte-americanos que qualquer árabe barbudo – ou qualquer outro oriental de traços semelhantes -, é um terrorista em potencial que pode ativar o colete de explosivos escondido debaixo da roupa. Esta fita de ação sobre um cerco militar a Nova York lançada três anos antes do ataque a torres gêmeas, ajudou e muito a fortalecer este estereótipo.”


Movie_Camera

O Brinquedo

” Magnata sulista rico e poderoso oferece dinheiro para zelador negro desempregado (Richard Pryor) bancar o “brinquedo vivo” de seu mimado filho de 12 anos. No intuito de “fazer graça”, o sujeito passa por todo tipo de humilhação, que vão desde chamar o moleque de Senhor até receber fogos de artifício no rosto. Senso de humor para poucos.”

 


 

 

Movie_Camera

Uma Escola Muito Louca

“Poucos filmes conseguem ser tão racistas quanto esta comédia oitentista. Aqui, C. Thomas Howell faz um jovem cara-de-pau que se pinta de negro no intuito de entrar na conceituada Harvard através do sistema de cotas para as “minorias”. Piadas de extremo mau-gosto são disparadas para retratar questões étnicas e mostrar como é duro ser negro nos Estados Unidos.”


Movie_Camera

Cão Branco

“A premissa deste filme é tão absurda que fica difícil entender como a Paramount deu “sinal verde” para esta produção. Na trama, um sujeito maluco treina um pastor alemão para atacar e matar negros. Depois de uma série de infortúnios, o cão é resgatado por um negro, que decide retreiná-lo. Como resultado, o pobre animal passa a odiar brancos, e é preciso abatê-lo.”


 

 

Movie_Camera

Mandingo – O Fruto da Vingança

“Numa Louisina do tempo da Guerra Civil, um negro escravo se envolve com a filha de um rico fazendeiro branco. Acusado de estupro, o coitado é preso, humilhado e torturado. Implicitamente Hollywood manda seu recado: negros fiquem longe de nossas brancas. Baseado no livro homônimo de Kyle Onstott, o filme ajudou a popularizar a expressão “Mandingo”, gíria usada para um relacionamento inter-racial.”


Movie_Camera

…E O Vento Levou

“Um épico maravilhoso, inesquecível, vencedor de 10 Oscar e também um dos mais racistas que Hollywood já produziu. A história de amor entre Rett Butler (Clark Gable) e Scarlett O’Hara (Vivien Leigh) glorifica o sul dos EUA, sugerindo que aquela região do país era melhor durante o tempo da escravidão. Repare como a vida perfeitinha de Scarlett vira um pandemônio depois que o presidente Lincoln liberta os escravos.”


Movie_Camera

O Nascimento de Uma Nação

 

“Possivelmente um dos filmes mais controversos de toda a filmografia americana, este longa dirigido pelo talentoso D. W. Griffith só não ganhou status de obra-prima por seu conteúdo repulsivo e racista. Aqui, os negros são acusados de serem responsáveis por tudo de ruim que aconteceu com o povo americano durante a Guerra Civil. E ainda são mostrados como um bando de porcos, sem educação, que vivem bebendo e maltratando os brancos. Ao mostrar um grupo de encapuçados linchando um negro que praticara um delito, de maneira aprovativa, o filme promove o contexto cultural para o ressurgimento da Ku Klux Klan – que aconteceu no ano seguinte, em 1916.”

 


  star_full Bônus

Desenhos censurados por conter preconceito ou incentivar a violência

“Os Simpsons” – Episódio “Blame It on Lisa”

“Estereótipos do Brasil não faltam no episódio: filas de conga, multidões de ratos correndo pelas ruas, mulheres peladas na televisão e pessoas jogando futebol em qualquer lugar. Irritou o Rio de Janeiro, que ameaçou processar a FOX.”

 



“Pernalonga – Looney Tunes” – “All This And Rabbit Stew”

“Pernalonga teve sua fase racista. Na década de 1940, o coelho fazia piadas com praticamente todas as etnias: imitou negros rastejando e pedindo para não apanhar, tirou sarro de orientais, indígenas e esquimós.”


“Canção do Sul”

“Ambientado nos Estados Unidos, após a Guerra Civil, o filme A Canção do Sul (1946) foi acusado de racismo. O longa da Disney nunca saiu em DVD nos Estados Unidos. “



“Tiny Toon Adventures” – Episódio “One Beer”

“Este episódio é banido nos EUA. Por quê? Nele, três personagens ficam bêbados, roubam um carro policial, batem o veículo e morrem. A ideia era ensinar os males do álcool…”

 

children 1 grade

 

smile Queremos saber:

Qual a opinião do leitor do Livres Pensadores sobre o preconceito…

Você já sofreu algum tipo?

Conhece casos?

O que achou do texto, concorda em algo?

Agradecemos a sua participação!


 

 

Os filmes supostamente preconceituosos de Hollywood., 7.4 out of 10 based on 7 ratings

Autor(es):

Gregori

Sou nato da cidade de Fortaleza no estado nordestino do Ceará, filho de pais professores, neto de imigrantes italianos e admirador do físico Albert Einstein, desde pequeno sonhava em ser cientista, incentivava os colegas ao mesmo, pesquisava teorias cientificas que explicassem o mundo que nos cerca, a gravidade, as moléculas, a energia, tudo me fascinava... Sempre muito curioso, "bulia" nos objetos a fim de descobrir como tais funcionavam (e quase sempre quebrava-os). Amante de computadores desde 1996, aprendi que essa ferramenta me oferecia oportunidades únicas de aprendizado, o primeiro contato com internet ocorreu em fevereiro de 1999 e guardo na lembrança esse momento, escutava os sons nada harmônicos da conexão 56kbps esperando pelo milagre da "janela colorida", como assim chamava a página de internet; nesse mesmo ano fiz primeira eucaristia no Colégio Santa Cecília, tradicional católico, onde estudava, boas e inesquecíveis lembranças; a eucaristia era quase uma obrigação familiar, saudoso avô (e padrinho) era católico fervoroso, contudo, meu interesse para tal era nulo e por consequência nunca decorei as "benditas" rezas, conclusão: a professora quase me reprovou! O tempo passou e sai desse colégio, indo para de ensino evangélico, onde a religião não era tão enraizada na mentalidade dos profissionais que ali trabalhavam, nesse ambiente fui líder de grupos e fiz parte do editorial do jornal da escola, e assim conheci principal habilidade: a criatividade, promovendo muito das exposições realizadas pela instituição, tive oportunidade de visitar emissoras de T.V. e jornais locais, finalizei o curso alguns anos depois; atualmente estudo Audiovisual e Novas Mídias na Unifor. Esportista radical, cineasta, escritor e poeta; enfim, aqui terão a oportunidade de melhor conhecer-me, um jovem que coleciona belas histórias.

Todas as postagens do(a) autor(a)

7 Comments

  1. “Implicitamente Hollywood manda seu recado: negros fiquem longe de nossas brancas.”

    Que isso, o filme retrata um contexto histórico. Alguns exemplos são completamente absurdos, rs.

    Sobre Soul Man, seria o mesmo que processar o filme “As Branquelas” por racismo contra brancos, não há sentido.

    Desses, o único passível de críticas é “O Nascimento de Uma Nação”, o resto foi extremamente forçado.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +2 (from 2 votes)
    • Boa noite Kauê, o texto não é de minha autoria. O referido post serve de reflexão. Obrigado pelo comentário!

      VN:F [1.9.22_1171]
      Rating: 0 (from 0 votes)
      • Incluí algumas informações extras, ficaria honrado se assistisse o documentário que adicionei a esse post. Qualquer informação ou opinião será muito bem vinda.
        Abraços.

        VN:F [1.9.22_1171]
        Rating: 0 (from 0 votes)
  2. Sinceramente me deu vergonha alheia essa postagem…

    Chegar ao ponto de dizer que “E o Vento Levou” é racista???

    Tudo bem que esse texto não representa a opinião do LP como está claro lá no início, mas o bom senso tenho certeza que é parte integrante das premissas de vocês o qual com todo o respeito passou longe dessa vez com a decisão de reproduzir esse texto pífio.

    Já tive a oportunidade de ver muitas vezes integrantes do LP criticando exatamente esse tipo de “mimimi”. Fiquei bastante surpreso (negativamente) ao ver esse texto publicado aqui…

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +1 (from 1 vote)
    • Boa noite Yuri, o texto não é de minha autoria. O referido post serve de reflexão. Obrigado pelo comentário!

      VN:F [1.9.22_1171]
      Rating: 0 (from 0 votes)
    • Incluí algumas informações extras, ficaria honrado se assistisse o documentário que adicionei a esse post. Qualquer informação ou opinião será muito bem vinda.
      Abraços.

      VN:F [1.9.22_1171]
      Rating: 0 (from 0 votes)
  3. estou procurando o filme “Mandigo – O Fruto da Vingança” se alguém poder me envia por email um linkpara baixa-lo agradeço! meu email é johnny_mtzguns@hotmail.com pode me mandar o link de torrents também!

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+