60 Bilhões de planetas alienígenas poderiam suportar a vida, sugere estudo

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Até agora, more about apenas cerca de uma dezena de exoplanetas potencialmente habitáveis foram descobertos. Ainda assim, dosage cientistas acham que o universo deve estar repleto de “mundos alienígenas”, and os quais poderiam abrigar vida. Segundo uma nova estimativa, a Via Láctea poderia abrigar 60 bilhões de tais planetas, que orbitariam estrelas anãs vermelhas fracas.

Baseado em informações da sonda espacial Kepler, da NASA, cientistas calcularam que deve haver um planeta do tamanho da Terra orbitando na zona habitável de cada anã vermelha, que é o tipo de estrela mais comum. Porém, agora um grupo de pesquisadores dobrou essa estimativa, depois de considerar que a cobertura de nuvens pode ajudar um mundo alienígena a sustentar vida.

Nuvens exercem uma grande influência sobre o clima terrestre e elas também poderiam afetar o clima em exoplanetas, dizem os pesquisadores. Créditos: Norman Kuring/NASA GSFC

Nuvens exercem uma grande influência sobre o clima terrestre e elas também poderiam afetar o clima em exoplanetas, dizem os pesquisadores. Créditos: Norman Kuring/NASA GSFC

“Nuvens causam aquecimento e tornam a Terra mais fria. Elas refletem a luz do Sol para esfriar as coisas, e absorvem radiação infravermelha da superfície para fazer o efeito estufa. Isso é parte do que torna o planeta quente o suficiente para abrigar vida.”

– Dorian Abbot, pesquisador e professor assistente em ciências geofísicas da Universidade de Chicago

A zona habitável é definida como a região do espaço ao redor de uma estrela em que um planeta poderia ter a temperatura adequada para manter água líquida em sua superfície – o que é uma condição necessária para a vida como a conhecemos. Se o planeta está muito distante de sua estrela, a água congela; se está muito próximo, a água evapora. Uma vez que as anãs vermelhas são mais escuras e mais frias do que o Sol, sua zona habitável é muito mais próxima à estrela do que em nosso sistema solar.

1000px-Zona_habitavel-pt.svg

“Se você está em órbita de uma estrela de baixa massa, ou de uma estrela anã, você tem que orbitar uma vez por mês, uma vez a cada dois meses para receber a mesma quantidade de luz solar que recebemos do Sol.”

– Nicolas Cowan, pós-doutorado na Universidade Northwestern e outro autor do estudo

Com uma órbita tão próxima à estrela, um planeta habitável em torno de uma anã vermelha teria um mesmo lado sempre voltado para sua estrela, assim como acontece com a Lua em relação à Terra. Ou seja, um lado estaria em luz eterna, outro em escuridão eterna e uma pequena faixa em penumbra eterna.

Conceito artístico de um planeta onde um lado está sempre voltado para sua estrela, tendo o lado escuro coberto de gelo. Créditos: Beau.TheConsortium

Conceito artístico de um planeta onde um lado está sempre voltado para sua estrela, tendo o lado escuro coberto de gelo. Créditos: Beau.TheConsortium

No novo estudo, os pesquisadores usaram simulações em 3D para modelar a maneira como o ar e a umidade se movem sobre um planeta nessas condições. A equipe descobriu que qualquer superfície de água resultaria em nuvens de vapor de água. Mais do que isso, nuvens altamente refletivas se formariam no ponto virado para a estrela, onde é meio-dia eterno. Isso teria um efeito de resfriamento, fazendo com que o planeta fosse capaz de sustentar a água em estado líquido em sua superfície num ponto muito mais próximo de sua estrela, dizem os pesquisadores.

Esta ilustração mostra cobertura de nuvens simulada (parte branca) em um planeta (azul) travado em direção à sua estrela, o qual orbitaria uma estrela anã vermelha. Créditos: Jun Yang.

Esta ilustração mostra cobertura de nuvens simulada (parte branca) em um planeta (azul) travado em direção à sua estrela, o qual orbitaria uma estrela anã vermelha. Créditos: Jun Yang.

Segundo os pesquisadores, a descoberta pode dar aos cientistas uma nova maneira de confirmar a presença de água em estado líquido na superfície de planetas alienígenas com o Telescópio Espacial James Webb (JWST), um novo observatório espacial que está com o lançamento previsto para 2018.

“Se você olhar para o Brasil ou para a Indonésia com um telescópio infravermelho a partir do espaço, esses locais podem parecer frios, porque você está vendo a plataforma de nuvens. A plataforma de nuvens está em alta altitude, e é extremamente frio lá em cima.”

– Nicolas Cowan

O mesmo pode ser verdade para um exoplaneta habitável com uma cobertura de nuvens altamente reflexiva, dizem os pesquisadores. Se JWST detectar um sinal de frio semelhante sobre o lado diurno de um desses mundos alienígenas, disse Dorian Abbot, “é quase definitivamente certo que será das nuvens e é uma confirmação de que você tem superfície de água líquida”.

A pesquisa foi detalhada na Revista Astrophysical Journal Letters, de 27 de junho.

Fonte: Space.com

60 Bilhões de planetas alienígenas poderiam suportar a vida, sugere estudo, 10.0 out of 10 based on 2 ratings

Autor(es):

Mário César

Sou formado em Engenharia de Software e QUASE em Ciência da Computação (não concluí). Pretendo, agora, fazer astronomia na USP assim que possível para, depois, me especializar em astrobiologia. Sou um apaixonado pela ciências em geral e gosto muito de investigar alegações extraordinárias (como a ufologia, por exemplo).

Todas as postagens do(a) autor(a)

One Comment

  1. A INFORMAÇÃO É CRUCIAL.EXISTE UMA DITADURA CIENTIFICA QUE ABJETA E OBJETA QUALQUER INFORMAÇÃO QUE CONTRARIE A OFICIAL.INFORMAÇÕES PRIVILÉGIADAS EXISTEM A MUITO TEMPO.GUARDAR, ESCONDER INFORMAÇÕES SOBRE CIÊNCIA E ESPAÇO É UM FATO.SÓ UM TOLO OU UMA VELHINHA DE DE BAJÉ RADICADA(O)EM QUALQUER PARTE DO MUNDO ACREDITA SÓ NA INFORMAÇÃO OFICIAL.É SEMPRE IMPORTANTE SE QUESTIONAR.EU QUESTIONO COMO VOCÊ PORQUE MEUS ANSEIOS ÍNTIMOS SÃO CÓSMICOS E NOSSOS ÁTOMOS JÁ FIZERAM PARTE DE ESTRELAS E, ANTES, ELES EMANARAM DE UMA FONTE DESCONHECIDA DE ONDE TUDO EMANOU.NOSSO SISTEMA SOLAR, E MESMO NOSSA LUA SÃO FONTES DE GRANDES MISTÉRIOS.NOSSA TERRA ANSEIA TAMBÉM ALGO.OS POVOS ANTIGOS CONHECIAM A CIÊNCIA CRUCIAL DA ASTRONOMIA.É UMA PENA QUE HOJE A MAIORIA DE NÓS NADA SABE DESTA LINGUAGEM UNIVERSAL.DESCOBRINDO ALGO, COMPARTILHE CONOSCO.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +2 (from 2 votes)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+