A redução das passagens do transporte público – E muito mais!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Devido a todos os protestos, que se espalharam pelo Brasil, diversas cidades reduziram o valor das passagens do transporte público (ônibus e, em alguns locais como o Estado de São Paulo, também do Metrô e dos trens da CPTM). Dentre essas cidades estão:

  • Aracaju
  • Campinas
  • Cuiabá
  • Curitiba
  • Goiânia
  • João Pessoa
  • Londrina
  • Manaus
  • Porto Alegre
  • Recife
  • Rio de Janeiro
  • São Paulo
  • Vitória

Contudo, o movimento que começou com apenas essa reivindicação cresceu. Cresceu ao ponto que, agora, a própria esquerda (que iniciou o processo) quer que ele pare, que abandonemos as ruas. Mas, os “20 centavos” são apenas o do chiclete (se é que ainda dá pra comprar algum chiclete com isso). Queremos mais, muito mais. E, apesar do que o MPL declarou (leia aqui: “MPL ataca ‘pauta conservadora’ em protestos e se diz ‘a favor’ de partidos em ato296”), pouco importa se tais exigências são “conservadoras” ou não: são as exigências do povo.

O vídeo do grupo Anonymous Brasil, caso você não tenha assistido, demonstrou bem isso e propôs 5 causas, começando pela PEC 37. Veja no vídeo abaixo.

E já existem incontáveis protestos sendo marcados pelo Facebook. Seguem aqui alguns dos links para eles.

Hoje:

Para amanhã:

Restante do mês:

Mês que vem:

Sobre Fortaleza, ainda existe um calendário unificado das manifestações. Aqui: CALENDÁRIO DAS MANIFESTAÇÕES EM FORTALEZA.

desculpe pelo transtorno

Uma dica: quem puder, compre (ou leve, caso tenha) spray de pimenta. Com ele, fica mais fácil conter os vândalos, para podermos entregá-los à polícia. Porque, se deixarmos a polícia agir… É como disse no texto “Democracia e Manifestações Populares”:

Então, é preciso ter bom senso. Caso contrário, a PM será obrigada a agir – e todos nós sabemos muito bem o quão violenta e truculenta ela pode ser. E realmente é. Também não se deve provocar a PM, pois é a mesma coisa que provocar um cão bravo sem coleira: quem provoca, sai mordido. Isso acontece devido à própria estrutura militar dessa polícia, além da filosofia do “respeito pelo medo”, que ela segue.

Não estou tentando, de forma alguma, “defender” a forma de ação da PM, até porque nenhuma forma de violência é justificada. Estou apenas explicando o porquê dela agir assim. (Da mesma forma que a Teoria da Evolução apenas explica a variedade de formas de vida presentes hoje em nosso planeta, sem ser confundida com uma tentativa de “justificar” isso.)

A PM existe para defender a população, os bens privados, públicos, para fiscalizar, etc. Portanto, não poderia se comportar dessa forma. Contudo, isso só vai mudar quando a PM for dissolvida e sua estrutura física, pessoal e de demais recursos for unida à Polícia Civil. Até porque a PM é algo mais do que ultrapassado, herança do período autoritário brasileiro (que pode-se dizer que durou desde a descoberta até 1988).

Enfim, foram estes os eventos que encontrei. Se você sabe de outros, por favor, poste o nome e o link nos comentários desta postagem. E vamos continuar nos mobilizando e protestando, porque esse país tem de mudar! #MudaBrasil #ChangeBrazil #VemPraRua

A redução das passagens do transporte público – E muito mais!, 10.0 out of 10 based on 3 ratings

Autor(es):

Mário César

Sou formado em Engenharia de Software e QUASE em Ciência da Computação (não concluí). Pretendo, agora, fazer astronomia na USP assim que possível para, depois, me especializar em astrobiologia. Sou um apaixonado pela ciências em geral e gosto muito de investigar alegações extraordinárias (como a ufologia, por exemplo).

Todas as postagens do(a) autor(a)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+