Canhão de ar (vortex cannon – experiência de física)

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Informações do vídeo:

Será que um bom sopro consegue percorrer mais de 5 metros em linha reta e derrubar uma pirâmide de copos? Este vídeo provará que sim!
Para fazer o canhão de ar são necessários os seguintes materiais:

– Balde
– Pedaço de plástico suficiente para tampar a boca do balde
– Fita adesiva larga
– Copos de isopor descartáveis
– Tesoura
– Estilete
– Caneta de escrever em CD
– Gelo seco (opcional)

Faça um furo de cerca de 15 centímetros de diâmetro no fundo do balde.
Vire o balde de boca para baixo em cima do plástico, e marque um círculo em volta da boca do balde. O círculo deve estar uma distância de cerca de 7 cm da borda do balde.

Vire o balde com a boca para cima e, com a fita adesiva, prenda o plástico na boca do balde. É importante que o plástico fique bem esticado.

Monte uma pirâmide usando os copos descartáveis. Quanto maior a pirâmide, mais divertido.

Em uma garrafa PET com água morna, coloque algumas pedras de gelo seco e, em seguida, derrame a fumaça dentro do balde.

Mire a pilha de copos e dê um tapa no plástico esticado. Um “projétil de ar” será lançado contra os copos.

Como funciona o canhão de ar

O fato mais surpreendente do canhão de ar é que há um fluxo de gás que caminha em linha reta e que é invisível. Na experiência, ele se torna visível com a ajuda do gelo seco.

Em muitos casos, forma-se uma argola de fumaça em volta desse fluxo de ar. Isso acontece porque, quando ele causa atrito com o ar que está em volta dele, forma pequenos redemoinhos em formato circular. O fenômeno é muito semelhante ao que ocorre quando alguém solta argolas de fumaça após fumar.

Com nossos agradecimentos ao canal iberethenorio do Youtube. 🙂

Canhão de ar (vortex cannon - experiência de física), 10.0 out of 10 based on 1 rating

Autor(es):

Mário César

Sou formado em Engenharia de Software e QUASE em Ciência da Computação (não concluí). Pretendo, agora, fazer astronomia na USP assim que possível para, depois, me especializar em astrobiologia. Sou um apaixonado pela ciências em geral e gosto muito de investigar alegações extraordinárias (como a ufologia, por exemplo).

Todas as postagens do(a) autor(a)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+