Ciência e Poesia

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.0/10 (3 votes cast)

“There’s no place like home”

Ó Estrelas, Sonhos e Gentil Noite;
Ó Noite e Estrelas, voltai!
E escondam-me dessa luz hostil
Que não aquece, mas queima

Que seca o sangue dos homens infelizes
E bebe lágrimas em vez de orvalho;
Deixem-me dormir enquanto o seu reino cega,
E só acordar convosco!

– Stars de Emily Bronte

A fotografia acima foi tirada na International Space Station (ISS – Estação Espacial Internacional), há 350 quilômetros de altitude. Quem aparece espiando através das janelas da Cupola é a astronauta Tracy Caldwell Dyson, que reflete a respeito deste pequeno, frágil e Pálido Ponto Azul.

A tal altitude o horizonte da Terra aparece claramente encurvado. Tanto que a ISS orbita a Terra a cada 90 minutos, podendo ser vista por nós daqui do chão em algumas oportunidades como um ponto brilhante de luz, deslizando sobre nossas cabeças, logo após o pôr-do-sol.

A foto foi publicada no Astronomy Picture of the Day (APOD) em 15 de novembro de 2010 e pode ser acessada por este link.

Ciência e Poesia, 7.0 out of 10 based on 3 ratings

Autor(es):

Mário César

Sou formado em Engenharia de Software e QUASE em Ciência da Computação (não concluí). Pretendo, agora, fazer astronomia na USP assim que possível para, depois, me especializar em astrobiologia. Sou um apaixonado pela ciências em geral e gosto muito de investigar alegações extraordinárias (como a ufologia, por exemplo).

Todas as postagens do(a) autor(a)

2 Comments

  1. Meu sonho um dia estar lá em cima, nem que seja a passeio!

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    • Somos 2! 😀

      Até já preparei um artigo sobre turismo espacial. 😉

      VN:F [1.9.22_1171]
      Rating: 0 (from 0 votes)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+