SILENCIO

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.


Repousas no horizonte além.

É primavera amor!

Traga-me com paixão!

Como lago manso, aparente.

Teu ser, turbilhão e ardor!

 

Cega, embriagada, devastada.

Percorro com ânsias teus caminhos,

Na caricia de teu olhar em mim!

 

Sou um sem jardim sem flores.

Sem teu calor, teu néctar, teus beijos.

O vazio dos dias e das noites desertas

Na esperança de ti, no meu alvorecer.

 

Sopra a brisa das nuvens silenciosas.

Ouve-se o eco de suspiros infindos…

Vem a noite morna, preguiçosa.

As estrelas cintilantes testemunham

Teu silencio nas minhas noites tuas.

 

Tania R.P.Fernandes


Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

SILENCIO, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Autor(es):

tania regina pacheco fernandes

Professora universitária. Português/Espanhol/Literatura portuguesa/ Literatura espanhola/ Metodologia Científica. Doutoranda e Mestre em Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas Estrangeiras. Tradutora. Poeta. 64 anos. Brasileira. residente em Brasilia - BR.

Todas as postagens do(a) autor(a)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

ChatClick here to chat!+