Modernização da Igreja?

Posted by on fev 1, 2015 in Artigos, Ateísmo | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.     Quando a Igreja fala em se modernizar, eu, sinceramente, nem consigo imaginar o que significa isso. O que é modernizar-se, para a Igreja? Pedir perdão a Galileu 300 anos depois? Abrir mão do Index, a listinha de livros proibidos que praticamente “acabou sozinha” em 1966, quando, já havia muito tempo, todos os publicavam e os liam? Aceitar a história da humanidade e desmentir seus mitos? Conviver com as descobertas da ciência – entre as quais as que demonstram que os espaços imaginários (Céu, Inferno, Purgatório…) dependem de nosso cérebro para “existir”?   Se a Igreja se modernizar, ela se autodestruirá.   (Nesse ponto, os evangélicos estão sendo mais espertos. Tudo à moda antiga: Bíblia como verdade, negação da ciência etc. E, pelo jeito, dá tudo certo.)     Postado por Perce Polegatto     Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

A oração de S. Francisco de Assis

Posted by on jan 31, 2015 in Artigos, Curiosidades, História, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.     Curiosidade. A oração de S. Francisco de Assis (“Senhor, faze de mim um instrumento da tua paz…”) não tem nada a ver com S. Francisco de Assis. Ela foi publicada em 1912 pelo padre Esther Bouquerel, em Paris. Há dúvidas sobre sua autoria, porque se supõe que um fiel da igreja a tenha escrito, e o padre a tenha apenas publicado, num periódico católico chamado “A sineta”. Não há nenhum registro anterior desse texto. Em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, o para Bento XV pediu que a traduzissem para o italiano e entendeu que seria um bom momento para divulgá-la mais amplamente, já que ela trata do tema paz. Como você e eu já imaginamos, ela não se chamava “Oração de S. Francisco de Assis” e sim “Oração pela Paz.”   Outra coisa curiosa: Francisco de Assis não se chamava Francisco, e sim Giovanni, que equivale a João. Mas isso já é outra história entre tantas histórias…   Postado por Perce Polegatto   Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

LUMINÁRIA

Posted by on jan 31, 2015 in Artigos, Leitores, Poesias | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.     Entra o inseto, intui salvar-se pela luz intensa. Entrega-se a morrer sendo mais um e sem saber a verdade. Que mais o anima senão a alma suposta que o é? Que mais sua vida senão seu próprio estado de ser? Inseto talvez de não ter sido e não haver acreditado. De existir e deixar de existir ainda que acreditasse. Inseto de existir e não acreditar. Toca por fim a lâmpada que o pune e não o sabe. Tomba – e não ressuscita.     Postado por Perce Polegatto   http://www.percepolegatto.com.br/2013/05/19/luminaria-2/   Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

Perdidos no deserto

Posted by on jan 30, 2015 in Artigos, Ceticismo, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. Os hebreus, depois de saírem do Egito, levaram 40 anos para chegar à terra prometida. Olhe no mapa. Do deserto do Sinai a Canaã (onde hoje fica Israel) são cerca de 300 km. Se eles percorressem 1 km por dia, teriam chegado em menos de um ano. (Mas é claro que é possível caminhar mais de 1 km por dia, mesmo com eventuais dificuldades. Por exemplo, 4 km por dia, e estariam lá em alguns meses.) 40 anos é muito tempo. Um bebê recém-nascido teria 40 anos de idade quando chegasse ao tal destino sagrado. Ou os hebreus se perderam feio (eles não conheciam astronomia, navegação…) ou Deus não estava por perto para ajudá-los ou os autores desses textos eram, digamos… um tanto exagerados.   Postado por Perce Polegatto   Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.  

Read More

BBB: que tal outras opções?

Posted by on jan 30, 2015 in Artigos, Crônicas | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)

Como todos devem saber, o Big Brother Brasil 15 estreiou dia 20 de Janeiro, 10 dias atrás, portanto. O programa fez muito sucesso, principalmente nas primeiras edições, mas, hoje, o que se vê na internet são mais críticas do que elogios. A questão é que, independente da qualidade – ou falta dela – do programa, ele já está mais do que batido. Virou “notícia de ontem”. Entenda: minha crítica não é mais uma daquelas vazias, que tanto vemos por aí. Eu cheguei a acompanhar (mesmo que de forma distante) duas ou três temporadas. O acho uma ótima ferramenta para observar o ser humano: até devido ao seu formato, o programa é capaz de trazer à tona o melhor e o pior do ser humano de forma transparente – coisas que, no dia a dia, fica escondido, maquiado. Os problemas são outros: primeiro, já observei o suficiente; segundo, as pessoas já aprenderam os truques, não se mostram mais de forma tão clara e transparente; e, terceiro, é um programa muito longo. Isso sem falar que apenas estudantes e pesquisadores das areas de humanas poderiam tirar real proveito do programa. Então por que não criar outros programas, reality shows ou não, que […]

Read More

A primeira guerra do mundo

Posted by on jan 29, 2015 in Artigos, História, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.5/10 (2 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. Para quem ignora a Bíblia, um pouco de história real.   Há 9000 anos, começou a agricultura. Mais tarde, a civilização: os sumérios, com acesso aos dois rios, o Tigre e o Eufrates, desenvolveram uma agricultura irrigada em larga escala, e o resultado foi um excedente de cereais muito superior às suas necessidades. Pela primeira vez, o homem havia ultrapassado a agricultura de subsistência. Estava aberta a possibilidade de comércio e, com ela, a necessidade de um código: os sumérios inventaram a escrita, a matemática – e a roda, para facilitar o transporte. Agora teriam que construir armazéns, proteger seus estoques, aumentar a segurança. Esse foi o principal motivo da primeira guerra do mundo.     Postado por Perce Polegatto Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

Canção de ser

Posted by on jan 29, 2015 in Artigos, Leitores, Literatura, Poesias | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. Cansaço de quem erra em vão. Sépia de retratos nas ruas do Centro Velho. De novo o tilintar de talheres, aroma de cozidos à hora da fome, e é como se os provasse à margem dos que vivem.   Aura da morte no mofo das fachadas, ameaça inerente às coisas que são e têm sido. Torna a chuva a demarcar o tempo, supõe ouvir: é preciso coragem.   Postado por Perce Polegatto   http://www.percepolegatto.com.br/2011/12/29/cancao-de-ser/ Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

Outras lendas

Posted by on jan 28, 2015 in Artigos, Ateísmo, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. Isto é algo que chama a atenção. A Bíblia, a história de um povo, mesclada às suas fantasias, é tida como verdade. A história de outro povo, também mesclada às suas fantasias, é tida como mitologia. Em meio a tantas histórias e lendas, só a Bíblia vale. (Ok, admito, o Alcorão também vale.)   Mas não é interessante imaginar que, se cultivássemos outro herói em lugar de Jesus (por exemplo, Mitra, dos persas, ou Zoroastro) e outro conjunto de lendas, haveria inúmeras e permanentes discussões sobre a veracidade desses textos? E haveria teólogos especializados em cada palavra, em cada contradição, em cada metáfora possível…   E seríamos, os descrentes, outra vez vistos como teimosos e ignorantes por não acreditarmos neles. E por duvidarmos da divindade de Mitra ou de Zoroastro, seríamos vistos até mesmo como loucos.     Postado por Perce Polegatto Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

Sol ancestral

Posted by on jan 28, 2015 in Artigos, Leitores, Poesias | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.     Não o passado diluviano do Limulus nem o que coube da medusa arqueozoica ao homem do Quaternário. Não a formidável expansão do Cambriano, os megassauros do Triássico. … neblina glacial do Plistoceno… Não a civilização com seus códices, a justa nação dos homens livres nem o que por erro fizer-se futuro: o (mesmo) sol me aquece, anima e realiza – e o que me espanta é ser isto agora.   Postado por Perce Polegatto   http://www.percepolegatto.com.br/2013/06/08/sol-ancestral/   Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.  

Read More

Redenção

Posted by on jan 27, 2015 in Artigos, Ceticismo, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.   O papa disse que os que são bons serão redimidos. Até os ateus.   Esse “até” soa estranho, mas não tem importância, não é esse o caso. Nem a arrogância do papa, colocando-se como dono da verdade. Não, também não é esse o caso, porque disso já sabemos há muito tempo, que os cristãos se consideram os donos da verdade, nenhuma novidade até aí.   O que fico pensando é o seguinte: como ele sabe disso? Se Deus decidir que os ateus não serão redimidos, como ele (o papa) vai ficar sabendo?   Postado por Perce Polegatto Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

Seres míticos

Posted by on jan 27, 2015 in Artigos, Ceticismo, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. Quem acredita pode diferenciar personagens míticas umas das outras. “Claro que as fadas não existem, sei muito bem disso”, diz o crente, adulto e racional. E também é claro para ele que não se pode esfregar uma lâmpada de óleo e assistir à manifestação de um gênio mágico entre rolos de fumaça e clarões maravilhosos. Mas quando se fala que um anjo apareceu para Jacó ou para Abraão ou conversou com a Virgem…: “Não, não, espere aí, agora você está falando em outra coisa, veja bem…” Para quem acredita, há diferenças, sim, entre as personagens mitológicas e as entidades “reais” – estas, coincidentemente, sempre ativas em sua própria religião.   Para quem não crê, não funciona assim. Para quem não crê, não há essa diferença. É apenas uma coisa pela outra.   Postado por Perce Polegatto Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.

Read More

Nós, os fortes, te agradecemos

Posted by on jan 26, 2015 in Artigos, Leitores, Literatura | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.   Nós, os fortes, te agradecemos (Um conto ateu)   Olhando entre a noite e as grades do Orquidário e seu bosque, outra vez o que me invade ronda a alameda em perspectiva: postes de duas lâmpadas sob globos sem rosto, bases ornamentadas, última linha de sentinelas contra a escuridão, o silêncio de luz esmaecida no jardim mágico onde, pela manhã, Deus parecia habitar entre as árvores, mas não hoje, sob a luz nostálgica do mesmo silêncio, principalmente o silêncio, quase um rumor contínuo, uma surdez, uma dormência. Uma surdez. Uma dormência. No entanto, se move. Focos de luz solar atenuada pelas copas. Uma folha cai. Um sinal de Deus, penso entre as remotas manhãs de orvalho que precedem meu ser ainda. Volto da calçada por onde andei exterminando os cães da vizinhança com minha poderosa metralhadora de plástico. Duas amigas de minha mãe, também voluntárias da igreja, abrem-me sorrisos na sala e me abençoam à sua maneira. Deus flutua entre as árvores do Orquidário, mas sei que se prolonga de alguma forma nessas mulheres convictas que gentilmente me afagam. Que mais tarde trocam com minha mãe notícias sobre conhecidos e pessoas […]

Read More

A águia, o urso e o coelho

Posted by on jan 26, 2015 in Artigos, Leitores, Linguagem | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.     Não, não é uma fábula, não vamos nos enganar com o título. É mais perigoso do que parece. Os símbolos escolhidos por um povo claramente refletem sua personalidade, sua tendência, suas intenções, e é até estranho que não haja uma preocupação em disfarçar isso. Shakespeare escreveu que os homens deveriam ser o que parecem. Ou, pelo menos, não parecerem o que não são. Se pensassem como um urso, deveriam assumir a forma de um urso. Se tivessem as intenções de um predador como o leão, então seus olhos, sua boca, seu rosto deveriam ser as fuças de um leão. Na realidade, não é assim. Ursos e leões, raposas e tigres circulam pelo mundo humano sem serem notados. Podem nos enganar em um momento ou outro da vida. Podem ser nossos líderes, eventualmente. Podem nos matar, se não estivermos preparados – se estivermos ainda acreditando nas aparências, apenas. Mas não parece ser o caso de certos brasões, emblemas e bandeiras. As imagens contidas em alguns deles são sinais tão declarados do que mostram ser que nós nos acostumamos com eles ou, em último caso, reconhecemos as garras do predador e aceitamos […]

Read More

Sobre não acreditar

Posted by on jan 25, 2015 in Artigos, Ateísmo, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores. As pessoas que creem pensam que as que não creem vivem mal – e mil outras coisas relacionadas. Pensam que, no momento do sofrimento, os descrentes devem repensar a fé e se apegar a algo. Mas não, isso não funciona assim.   Se estou perdido numa floresta, não espero a ajuda de Diana, a caçadora, ou do Curupira. Para quem não crê, não há hipótese alguma de ser salvo por uma entidade sobrenatural, seja ela qual for. E não adianta dizer: “Peça uma graça. Não custa nada. Quem sabe…” Não, não funciona assim.   Pode ser que uma pessoa não se sinta bem com sua descrença, que decline a alguma tristeza ou viva menos motivada, consciente de sua condição. Mas não passa a crer em anjos por causa disso. Não por teimosia ou recusa, mas porque simplesmente não lhe é possível. Sua mente rejeita o sobrenatural, a fantasia, o absurdo, e trabalha naturalmente com o que entende e sente como possível, como disponível, como real, custe-lhe a dor que custar – se por acaso lhe custar alguma dor, se for esse o caso, bem entendido.    Postado por Perce Polegatto Artigo submetido […]

Read More

Caçadores e virgens entre as estrelas

Posted by on jan 25, 2015 in Artigos, Ciência, Leitores | 0 comments

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.5/10 (2 votes cast)

Artigo submetido por um leitor do Livres Pensadores.     Na mitologia grega, a ninfa caçadora Calisto atraía a atenção de Zeus, o deus dos deuses. Sua esposa, Hera, naturalmente enciumada, amaldiçoou a jovem, transformando-a numa ursa. Fácil resolver, não? Apesar disso, Calisto resistiu, esforçando-se para continuar andando ereta, tentando ainda ser uma mulher, mas isso se tornara impossível: por mais que tentasse, ela agora era uma ursa e não conseguia mais falar ou agir como humana. Calisto passou a viver com medo dos deuses e das outras feras, mesmo sendo também uma fera, optando pelo isolamento. Muitos anos depois, reencontrou na floresta seu filho, o caçador Arcas, agora um adulto, e tentou abraçá-lo. Sem saber que se tratava de sua própria mãe, condenada pelos deuses, ele ergueu sua lança para matá-la. Nesse momento, Zeus, compadecido com aquela situação, parou o tempo, afastou um do outro e os colocou no céu, onde foram convertidos em estrelas. Arcas, o filho, transformou-se em Arctofilax, a Ursa Menor, o guardião da ursa. Calisto, desde então, é a magnífica Ursa Maior.  O nosso planeta se move, mas isso não é nada. Nosso sistema solar todo, dentro de uma gigantesca galáxia, chamada Via Láctea, também […]

Read More

Página 5 de 52« Primeira...34567...102030...Última »
ChatClick here to chat!+